21.1 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Série C: Situação do Altos-PI complica na reta final


Teresina, PI, 31 (AFI) – O Altos-PI novamente empatou no Campeonato Brasileiro Série C. Desta vez, pelo menos, foi contra um dos times que brigam pela liderança do Grupo A, o Botafogo-PB. Nenhum dos times balançou a rede e, apesar de ser apenas um ponto, o resultado é importante para o crescimento do time.

Crescimento importante. A Fase de Grupos está na reta final. Faltam apenas quatro rodadas e o Altos é o primeiro fora da zona de rebaixamento com 15 pontos, três acima do Jacuipense-BA, em nono, e quatro do lanterna (10°) Santa Cruz-PE. Ainda tem o Floresta-CE, com 16, e, também, na briga pela permanência.

‘ATACANTE VIVE DE GOL’

NÃO PRESTOU ATENÇÃO

O Altos não vence há sete partidas. São cinco empates e duas derrotas no período. O número de tropeços é baixo, mas os concorrentes, triunfaram. A distância, agora perigosa, já foi confortável e esta é a preocupação de Paulinho Kobayashi.

“O que chama atenção são os adversários encostando, não podemos deixar que esses adversários fiquem próximos. Conseguir os resultados é o fundamental independente dos reforços. Temos que pensar no grupo, no conjunto, para que o Altos possa primeiro sair dessa zona de desconforto e conseguir uma tranquilidade maior nos trabalhos.”

‘SEIS PONTOS’

O treinador fica ainda mais apreensivo quando vê a agenda. Na próxima rodada, o Altos enfrenta o Floresta, fora de casa, às 15 horas do sábado (04). Em seguida, o adversário é o Santa Cruz, também como visitante. Paulinho Kobayashi pensa, primeiro, no Floresta.

“É praticamente um jogo decisivo, valendo seis pontos. Temos que usar como motivação para que eles entendam que esses seis pontos são fundamenteis para o nosso pensamento da competição.”

Confira também:





Fonte: Futebol Interior