Série D: Experiência e juventude! Castanhal-PA e Ferroviária sobram com técnicos opostos


Araraquara, SP, 31 (AFI) – A primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro chega ao fim neste fim de semana, e somente duas equipes brilham com mais de 30 pontos. No Grupo A1, o Castanhal-PA, com 33 pontos, aparece como melhor time do Brasileiro até o momento. Logo atrás vem a Ferroviária, com 32 e na liderança da chave A6.

O sucesso da dupla não tem uma receita pré-definida. Pelo contrário. Cada clube tomou um caminho para atingir o sucesso até aqui. A Ferroviária apostou na juventude do técnico Elano.

JUVENTUDE DA FERROVIÁRIA

Aos 40 anos, o ex-meio-campista dirige o seu quarto clube na carreira. Após se aposentar dos gramados em 2016, o treinador comandou interinamente o Santos. Depois passou por Inter de Limeira e Figueirense-SC, antes de chegar à equipe de Araraquara. Os números no comando do time impressionam. São 18 partidas, com 13 vitórias, três empates e somente duas derrotas.

“Acho que eu tenho de valorizar meu time, porque em nenhum momento, mesmo classificado, temos abaixado a guarda. Estamos respeitando os adversários”, disse.

E não tem abaixado a guarda mesmo. A Ferroviária sobrou no Grupo A6, tanto que não corre risco de perder a primeira colocação da chave na última rodada da primeira fase. Longe disso! O time do interior tem 32 pontos, nove à frente do segundo colocado Boa Esporte-MG.

EXPERIÊNCIA DO CASTANHAL

No Castanhal, a receita foi diferente, mas o resultado acabou bem semelhante. O time paraense é a primeiro colocado na classificação geral, com 33 pontos. São dez vitórias, três empates e nenhuma derrota. O grande responsável por isso é o experiente João Carlos Santos Do Amaral, popularmente conhecido como Cacaio.

Aos 54 anos, o ex-atacante de Flamengo-RJ, Paysandu-PA, Criciúma-SC, entre outros, chegou ao clube em março desse ano, após levar o modesto Bragantino-PA à Série D e Copa do Brasil na última temporada. Ele comandou o Castanhal em 25 jogos entre Campeonato Brasileiro e Estadual, com 13 vitórias, 10 empates e duas derrotas.

Em 2015, no comando do Remo-PA, Cacaio conquistou o acesso à Série C. Por isso, experiência é o que não falta.

“Fico feliz pelo reconhecimento da imprensa, do torcedor, mas o foco é conquistar o acesso com o Japiim, que vai ser importante para todos, clube, Cacaio, cidade e o Estado do Pará”, afirmou.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times agora finalizam a última rodada da primeira fase e aguardam os seus adversários no mata-mata. A Ferroviária enfrenta o Uberlândia, neste domingo, às 16h, fora de casa. O Castanhal joga no mesmo dia, às 17h, diante do Galvez-AC, também fora de casa.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior