Série D: Gama-DF e sua Missão Quase Impossível!


Brasília, DF, 11 (AFI) – Um dos clubes mais tradicionais do futebol do Centro Oeste brasileiro, a Sociedade Esportiva do Gama está em situação difícil e complicada no Grupo A5, da série D do brasileiro. Com somente uma vitória na competição (3 a 1 sobre o Jaraguá-GO), os comandados do técnico Marcelo Caranhato ocupam a sétima posição do grupo, com 8 pontos ganhos.

Com dificuldades fora de campo, o alviverde candango começou a competição sendo comandado pelo técnico Ricardo Colbachini. Mas ele foi embora para o exterior trabalhar como auxiliar técnico de Abel Braga. Em seu lugar, assumiu Adailton Bolzan Martins, que acabou deixando o comando gamense, quando Marcelo Caranhoto passou a ser o treinador gamense.

DERROTA PESADA

Depois de ser derrotado pelo arquirrival Brasiliense no último final de semana por 1 a 0, agora além da preparação para o grupo de jogadores, a comissão técnica gamense está fazendo contas para saber se ainda tem chances de classificação entre os quatro do Grupo A5. O Gama tem uma vitória, cinco empates e quatro derrotas. Tem ainda quatro jogos por disputar, sendo dois fora de casa e dois em Brasília.
Neste momento, o alviverde candango está a 8 pontos do quarto colocado, o Goianésia, que tem 16 pontos ganhos. O Gama tem de vencer seus quatro jogos restantes para atingir a pontuação de 20 pontos ganhos. E ainda, torcer para que seus adversários diretos não ultrapassem a marca de 20 pontos ganhos.

PRÓXIMO JOGO
Para o próximo confronto, frente ao Nova Mutum-MT, o técnico Marcelo Caranhato contará com o retorno do meio campista Felipe Meneses, depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Já o meio campista Paulinho foi expulso no clássico frente ao Brasiliense e cumprirá suspensão automática.

OS JOGOS QUE FALTAM PARA O GAMA:

• 11ª rodada: Nova Mutum fora de casa;
• 12ª rodada: União-MT em Brasília.
• 13ª rodada: Aparecidense fora de casa;
• 14ª rodada: Jaraguá-GO em Brasília (o Gama está com seu estádio Bezerrão cedido para abrigar hospital de campanha).

Confira também:





Fonte: Futebol Interior