Sport 0 x 0 Chapecoense – Eles continuam ameaçados pelo rebaixamento


Recife, PE, 28 (AFI) – Dois dos piores times do Campeonato Brasileiro, cotados para ser rebaixados à Série B, Sport e Chapecoense empataram sem gols neste sábado à tarde na Ilha do Retiro, em Recife (PE), na abertura da 18.ª rodada. Ambos continuam na zona de degola.

Dono do pior ataque, com apenas oito gols, o Sport é o 18.º colocado com 16 pontos. A Chapecoense, que ainda não venceu, segue na lanterna com apenas sete pontos. Este empate foi visto pelo técnico paraguaio Gustavo Florentín, escolhido para substituir Umberto Louzer no time pernambucano. Desta vez, o comando do time ficou com Ricardo Severo, que dirige o Sub-20.

BOA PERSPECTIVA

A necessidade da vitória para respirar na competição abria a perspectiva de um jogo intenso. Sobrou transpiração, mas faltou inspiração. Em todo primeiro tempo, o Sport só teve uma chance de gol. Após cruzamento de Hernanes, o zagueiro Pedro Henrique desviou de cabeça e o goleiro Keiller defendeu em dois tempos. Isso aos 13 minutos.

Mas logo a Chapecoense tratou de acertar sua marcação sob os gritos de Dino Camargo, auxiliar em ação no lugar de Pintado, suspenso por expulsão.

O Sport voltou diferente após o intervalo, adiantando a marcação e tentando finalizar. Em menos de cinco minutos finalizou três vezes e aos 10 minutos teve sua melhor oportunidade de gol numa cabeçada de Mikael que cruzou a pequena área. A bola foi aliviada, quase em cima da linha, por Joilson.

MAIS NA FRENTE

As chances foram aparecendo. Gustavo Oliveira apareceu na grande área aos 15 minutos, mas chutou em cima do goleiro Keiller. A Chapecoense pela primeira vez chegou com perigo aos 19 minutos, quando Bruno Silva aproveitou recuou errado de Pedro Henrique e chutou em cima de Mailson. Na sobra, Anselmo Ramon chutou para fora.

Era sinal de que o time catarinense também se arriscaria no ataque. Tanto que teve o domínio em campo por boa parte do segundo tempo. Aos 37 minutos, o meia Thiago Neves cometeu falta dura em cima de Mike e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo automaticamente expulso e deixando o Sport com um jogador a menos.

Só mesmo num lance ocasional para algum time marcar. Aos 46 minutos, Leandro Barcia desviou de cabeça o cruzamento de escanteio e o goleiro Keiller fez grande defesa dando um tapa na bola. Garantiu o empate para a Chapecoense.

JOGO SUSPENSO

Na última rodada do primeiro turno, o Sport iria enfrentar o Athletico, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), no sábado (dia 5). Mas este jogo foi adiado pela CBF por causa da convocação do goleiro Santos para a seleção brasileira. A Chapecoense vai receber o Fluminense, no dia 7 (segunda-feira).


Fonte: Futebol Interior