veja quem recebe 5ª parcela nesta quinta, 26


O Governo Federal está seguindo nesta semana com os pagamentos da 5ª parcela do Auxílio Emergencial. Nesta quinta-feira (26), mais dois grupos podem retirar essas quantias. De acordo com as informações do calendário oficial do programa, agora é a vez dos informais que nasceram no mês de julho e dos usuários do Bolsa Família que tenham o Número de Inscrição Social terminando em 7.

De acordo com informações da Caixa Econômica Federal as pessoas destes grupos estão com o dinheiro em conta desde as primeiras horas da manhãs. No caso dos informais, a movimentação da quantia está acontecendo apenas de forma digital. Isto é, eles precisam usar o aplicativo Caixa Tem ou mesmo o Internet Banking para fazer o uso.

Segundo informações, esses trabalhadores podem realizar uma série de tarefas digitalmente. É possível, por exemplo, usar o Caixa Tem para pagar boletos ou mesmo fazer compras de maneira online e até mesmo presenciais. Nesse segundo caso, no entanto, é importante saber se o estabelecimento aceita esse tipo de pagamento.

Ainda de acordo com o calendário oficial do programa em questão, essas pessoas que nasceram em julho poderão fazer o saque do dinheiro. No entanto, isso não vai acontecer agora. A Caixa vai liberar essa possibilidade para esse público a partir do próximo dia 13 de setembro.

Os usuários do Bolsa Família que possuem o NIS terminando em 7 não passam por essa situação. É que para eles há duas opções. Ou eles podem movimentar o dinheiro via Caixa Tem e Internet Banking, ou eles podem fazer o saque do dinheiro a partir do exato dia da liberação da quantia.

Prorrogação

Vale lembrar que essa 5ª parcela do Auxílio Emergencial corresponde ao primeiro ciclo de pagamentos da prorrogação do projeto. É que o Governo Federal optou por prorrogar o benefício por mais três meses.

Você Pode Gostar Também:

Então, em tese, o programa vai seguir fazendo pagamentos em agosto, setembro e outubro. De acordo com informações do próprio Ministério da Saúde, algo em torno de 37 milhões de brasileiros estão recebendo essas quantias em questão.

Os valores seguem os mesmos de sempre. São montantes que variam entre R$ 150 e R$ 375 a depender da pessoa que está recebendo o montante. As mães chefes de família, por exemplo, recebem esse patamar mais alto do que os outros grupos.

Depois do Auxílio

Logo depois do fim dos pagamentos do Auxílio Emergencial, o Governo Federal quer começar as liberações do novo Bolsa Família.  A tendência natural é que o programa comece a fazer os seus repasses a partir do próximo mês de novembro. Pelo menos essa é a ideia.

O texto da Medida Provisória (MP) do novo Bolsa Família está no Congresso Nacional. O próprio Presidente Jair Bolsonaro foi entregar esse documento pessoalmente por lá. A expectativa é que os parlamentares aprovem a proposta dentro de mais algumas semanas.

No entanto, esse texto que está no Congresso Nacional não apresenta algumas informações básicas sobre o programa. Não se sabe, por exemplo, quais serão os valores médios do projeto nem a quantidade de pessoas que poderão fazer parte dele.

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br

Fonte: Notícias Concursos