Vitória x CRB – Leão vai aguentar o embalo do time alagoano?


Salvador, BA, 14 (AFI) – Pressionado, o Vitória terá a dura missão de frear o embalo do CRB, em confronto marcado para o próximo domingo, às 16 horas, no Barradão, em Salvador (BA), pela décima oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O PLACAR FI acompanhará o duelo em TEMPO REAL.

O Vitória não vence há quatro jogos, mas tem uma motivação a mais para encerrar esta sequência negativa. Isso porque o confronto marcará a estreia do técnico Wagner Lopes no comando do time – contratado para substituir Ramon Menezes, demitido há algumas semanas. O time baiano é o décimo sétimo colocado com 14 pontos ganhos.

Já o CRB quer manter o bom momento sob o comando de Allan Aal. Na última rodada, os alagoanos venceram o Brusque em casa e assumiram a vice-liderança do campeonato com 31 pontos ganhos. Dois pontos atrás do líder Coritiba.

WAGNER LOPES ESCONDE O TIME
Na primeira entrevista como técnico do Vitória, Wagner Lopes não deu dicas sobre a formação que mandará a campo diante do CRB. Porém, o treinador indicou que não deverá fazer muitas mudanças, pois teve apenas um trabalho com o elenco.

“Nós chegamos ontem à noite, fizemos primeiro treino hoje. Gostaria de responder essa pergunta, mas…Quanto menos mexer, melhor. É claro que não vou te dar a escalação. Nós estamos em uma transição, tenho conversado muito com Ricardo [Amadeu], Flávio [Tanajura]. São pessoas que estão aqui há mais tempo, conhecem o elenco como ninguém”, disse o comandante rubro-negro.

CRB TERÁ QUE MUDAR
Animado, o CRB terá mudanças no time titular que venceu o Brusque na última semana. Isso porque o zagueiro Gum reclamou de dores na panturrilha e foi vetado pelo departamento médico. A tendência é que Everton Páscoa entre em seu lugar. Outra baixa é o atacante Alisson Farias, que não jogará por força contratual.

“O próximo jogo, contra o Vitória, é o mais importante, depois o jogo contra o Operário é o mais importante, e essa é a mentalidade que a gente tem que ter. As projeções cada um faz da sua maneira, mas coletivamente a gente tem que colocar todo o foco no próximo adversário. O que a gente fizer nos próximos jogos vai dar uma previsão de algo que a gente posa visualizar na competição”, disse o técnico Allan Aal.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior