21.8 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Volante dispara contra diretoria, critica falta de salários e pede pra deixar time da Série B


Pelotas. RS, 18 (AFI) – O Brasil de Pelotas caminha a passos largos à Série C de 2022. Nesta quarta-feira, o experiente volante Denílson desabafou em entrevista à Rádio Universidade (AM 1160), criticou diretoria, falou sobre a falta de salários e informou que não vestirá mais a camisa Xavante no Campeonato Brasileiro da Série B.

Denílson disse que reviu a decisão em defender o Brasil de Pelotas a partir do momento em que torcedores invadiram treinamento e agrediram alguns torcedores – isso aconteceu há seis dias, na quinta-feira passada. Além disso, ficou extremamente irritado com a omissão dos dirigentes diante da situação caótica do clube dentro e fora de campo.

“O que causou toda essa situação (saída) foi a torcida encostar a mão em jogadores. (…) A cobrança é natural, faz, parte. Só que esse caso passou dos limites”, disse Denílson em entrevista.

“Na minha opinião a cobrança tem que existir sobre os jogadores, mas sem jogar a culpa de tudo sobre nós. Os diretores que são os responsáveis por tudo, nós não chegamos aqui sozinhos, alguém nos trouxe”, completou o volante.

O experiente volante também comentou que o elenco está há três meses sem receber salário. Contudo, deixou claro que não colocará o clube na Justiça, uma vez que foi em Pelotas que teve as portas abertas para retornar ao futebol.

“Estamos três meses sem receber. Não vim para Pelotas por dinheiro, vim para retomar a minha carreira. Hoje existe uma falta de respeito pelos atletas. Não quero um centavo do Brasil, não vou cobrar nada na justiça”, disse.

Fato é que o clima no Brasil de Pelotas não é nada bom e não há perspectiva de melhora para a sequência do campeonato. Aliás, a tendência é que a situação só piore com a saída de novos jogadores e a permanência de peças inexperientes no elenco.

O time gaúcho é apenas o lanterna da Série B com 12 pontos ganhos. São duas vitórias, seis empates e dez derrotas até agora.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior