20.2 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Após outro empate por 0 a 0, Red Bull Bragantino bate o Atlético-MG nos pênaltis e é campeão – Futebol Interior


Belo Horizonte, MG, 7 (AFI) – Nesta manhã de terça-feira, Atlético-MG e Red Bull Bragantino entraram em campo às 11h, no estádio Independência para decidir o Campeonato Brasileiro Feminino A2. A partida terminou com o mesmo placar do jogo de ida: 0 a 0. Portanto, a decisão foi para os pênaltis. Desperdiçando apenas uma cobrança, o Bragantino venceu por 4 a 2 e sagrou-se campeão.

Apesar da derrota, o Atlético-MG também garantiu o acesso, já que o regulamento prevê que os dois finalistas tenham as duas vagas de promoção para a divisão de elite.

O JOGO

O Atlético-MG começou a partida melhor e teve a chance de abrir o placar em chute de fora da área de Sofia, aos quatro minutos. A bola só não entrou graças a uma boa defesa de Karol Alves. O time mineiro tinha o controle, atacava e ditava o ritmo do jogo, enquanto o Bragantino se defendia.

Após sofrer pressão no início, as visitantes foram conseguindo conter o abafa e equilibraram o jogo por volta dos 35 minutos, quando Raquel, da entrada da área, bateu bonito e mandou a bola muito perto do ângulo.

Atlético foi melhor no balanço dos 90 minutos – Foto: Pedro Vilela

ETAPA FINAL

No segundo tempo, as coisas começaram diferentes. O Bragantino ocupava mais os espaços do meio campo e tinha mais posse de bola. Mas pouco a pouco, o Atlético conseguiu entrar no jogo novamente. Aos 19 minutos, Ilana bateu forte. A bola passou muito próxima ao gol. Aos 26, Sofia pegou a bola após sobra de cobrança de falta, bateu para o gol e a bola bateu caprichosamente no travessão.

Mandando no jogo e tomando todas as ações de ataque, o Atlético continuou em cima e abriu o placar, mas o gol foi anulado. Após cruzamento, a goleira soltou a bola, que se ofereceu para a Marta, com o gol aberto. De cabeça, ela botou para dentro. Porém, o assistente diz que a bola saiu pela linha de fundo no momento do cruzamento.

O jogo foi ficando mais travado no setor de meio de campo, o Bragantino conseguiu impor um pouco mais do seu jogo e segurar o ímpeto do Atlético. Porém, no último lance, o Atlético teve sua última chance. Após cobrança de escanteio, Guedes bateu firme para o gol dentro da área. Karol Aves fez a defesa e salvou o Bragantino.

A partida terminou empatada e foi decidida nos pênaltis.

OS PÊNALTIS

Quem começou batendo foi o Bragantino. Ray marcou. Na vez do Atlético, Ilana bateu, mas a goleira Karol Alves defendeu. Ambos os times converteram suas cobranças na sequência. Na terceira cobrança do Bragantino, Amanda

Brenda bateu e Amanda fez a defesa. O Atlético converteu e deixou tudo igual. Porém, no quarto pênalti, Flávia Gil chutou no travessão. Ariel bateu no canto, marcou e decidiu o jogo. Título para a equipe do Interior.

GRANDE CAMPANHA

O time do interioor terminou a competição com uma ótima campanha. Foram oito vitórias, um empate e duas derrotas. O time da treinadora Camila orlando passou por Madre Celeste, Athlético e JC Esporte Clube. Além disso, terminou com o melhor ataque da competição com 36 gols, e as duas artilheiras do torneio. Ariel e Rosani com 11 e nove gols, respectivamente.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior