Bangu-RJ 1 x 1 Joinville-SC – Jogo movimentado, um gol para cada lado e nada decidido – Futebol Interior


Rio de Janeiro, RJ, 11 (AFI) – Tudo igual na partida de ida entre Bangu-RJ e Joinville-SC, neste sábado, pela segunda fase do Campeonato Brasileiro Série D. Em Moça Bonita, as equipes fizeram um bom jogo. No primeiro tempo, o JEC foi melhor e levou uma vantagem mínima para o intervalo. Na etapa final, o Bangu-RJ melhorou e empatou, com a partida terminando em 1 a 1.

O jogo da volta é no próximo sábado (18), na Arena Joinville. Quem vencer, leva. Em caso de novo empate, a decisão será nos pênaltis. Quem avançar, pega o vencedor de Nova Mutum-MT e Uberlândia nas oitavas de finais.

PRIMEIRO TEMPO

A primeira boa chance da partida foi do Bangu-RJ. Aos oito minutos, Rafael Carioca recebeu, invadiu a área e bateu de canhota para fora. Aos 14 minutos veio a resposta do Joinville-SC. Paulo Victor recebeu dentro da área, mas bateu fraco de perna esquerda, praticamente recuando para o goleiro.

Aos 27 minutos o Joinville-SC teve um gol anulado. Após levantamento na área, Renan Oliveira empurrou para o gol, mas o assistente deu impedimento. A partir daí a etapa inicial foi esfriando e a partida parecia se encaminhar sem gols para o intervalo. Porém, no último lance do primeiro tempo, Chrystian bateu escanteio na pequena área e Fernando completou de cabeça, deixando o Joinville-SC em vantagem.

SEGUNDO TEMPO

O Bangu-RJ voltou com outra postura para a etapa final. Com mais posse de bola, partiu para cima em busca de um melhor resultado e foi recompensado aos 13 minutos. Rafael Carioca recebe cruzamento de Rochinha e se estica todo para deixar tudo igual. Logo em seguida, o Bangu-RJ quase virou. Aos 15 minutos, Rafael Carioca aciona Rochinha na entrada da pequena área, mas ele fura.

A primeira boa chance do Joinville no segundo tempo veio apenas aos 19 minutos. Fialho, que havia acabado de entrar, bateu colocado e Paulo Henrique espalmou.

Aos 34 minutos o Bangu-RJ chegou novamente. Roberto Baggio encheu o pé de fora da área e Rafael Pascoal fez boa defesa. E a última boa chance do jogo foi do JEC. Já nos acréscimos, de fora da área, Lucas Góes arriscou e jogou para fora.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior