Confira dicas eficazes para evitar as manchas de acne


Quem tem acne sabe que lidar com elas não é a tarefa mais fácil do mundo. Afetam a autoestima e também podem causar desconfortos, já que alguns espinhas chegam a doer. Além disso, depois que vão embora, elas podem deixar manchas na pele. 

Mas existem dicas eficazes que podem ajudar a eliminar as espinhas sem que elas deixam um “rastro”. Confira:

O termo que está tão famoso deve fazer parte da rotina de quem possui acne. Isso porque além de remover a maquiagem e impurezas, a higienização ajuda a regular a produção de óleo e desentupir os poros bloqueados. 

Por isso, de acordo com a dermatologista Anjali Mahto, em entrevista à Glamour Britânica, é muito importante limpar a pele  duas vezes ao dia, de manhã e à noite, com um sabonete facial ou água micelar.

Deve-se evitar qualquer produto que possa bloquear os poros u aumentar a produção de sebo. Ao mesmo tempo, garanta que a cútis não fique desidratada, porque a secura também tende a estimular a oleosidade.

De acordo com a dermatologista, a alternativa é recorrer a um hidratante leve à base de gel.

“Mesmo a pele oleosa precisa de hidratação. Mantê-la equilibrada contribui com a barreira de proteção e é vital para a saúde da região”, alertou a médica à revista Glamour.

Quem tem pele com acne precisa dedicar a ela cuidados especiais. Como por exemplo, esfoliar a pele uma vez na semana. A longo prazo, a esfoliação reduzirá o desenvolvimento de cravos pretos. 

Para a dermatologista não tem necessidade de evitar os produtos de beleza. Ainda mais considerando que a acne pode causar efeitos na autoestima, e a maquiagem é uma forma de esconder as espinhas. O importante é escolher os cosméticos certos para seu tipo de pele. 

Você com certeza já ouviu que não pode espremer espinhas. E isso é a mais pura verdade.  “Todos sabem que mexer gera danos à pele e pode potencialmente resultar em marcas de pigmentação ou de cicatrizes. É melhor recorrer a um tratamento prático para secar as protuberâncias, como aplicação de cosméticos ou adesivos”, alertou.





Fonte: iBahia