22.2 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Especialista alerta que 34% da população brasileira adulta nunca cuidou do olhos



Quando foi a última vez que você foi ao oftalmologista? Segundo pesquisa do Ibope com o apoio do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), 34% da população brasileira adulta nunca foi ao médico dessa especialidade. A negligência com os olhos reflete em cerca de 35 milhões de pessoas no país que sofrem com algum tipo de problema na visão, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A catarata é um exemplo. Ela é uma doença silenciosa no início, muitas vezes imperceptível, porém é considerada a principal causa de cegueira tratável no mundo. 

Para o médico Frederico Faiçal, da Oftalmoclin, “a catarata atinge principalmente a população idosa, a partir dos 60 anos, por conta do desgaste do cristalino, que é uma espécie de lente natural que existe no olho. Além da idade, existem ainda outros fatores que podem desencadear a doença. Por isso, vale reforçar que, mesmo não sendo tão comum, os jovens e as crianças também podem desenvolver o problema”. 

Pensando nisso, resolvermos dar algumas dicas para você manter e evitar catarata e outras doenças oculares. Veja abaixo: 

  1. Visite o oftalmologista, pelo menos, a cada 12 meses, inclusive em tempos de pandemia. 
  2. Se você tem diabetes e/ou casos de catarata na família, o intervalo poderá ser mais curto. 
  3. Evite fumar.
  4. Evite automedicar-se com colírios ou outros medicamentos à base de corticoides.
  5. Use óculos de sol com proteção UV.
  6. Mantenha uma dieta saudável.

Tratamento
Os sintomas mais comuns da catarata são a visão embaçada, nublada ou dupla, dificuldade para ler, dirigir e andar, sensibilidade à luz, diminuição da acuidade visual, dentre outros. No entanto, o especialista em cirurgia de catarata e retina, fala que a boa notícia é que a doença é reversível.

A cirurgia de catarata é a única solução de recuperar a visão de forma eficaz. Ela consiste na remoção do cristalino opaco e sua substituição por uma lente intraocular artificial transparente. 

O implante de lentes intraoculares multifocais é uma opção que tem se tornado frequente para aqueles que têm interesse em reduzir a dependência de óculos no pós-operatório da cirurgia de catarata. “O procedimento cirúrgico é seguro e eficaz, porém o sucesso da terapia pode ficar comprometido nos casos muito avançados”, explica o oftalmologista.





Fonte: iBahia