Fazendinha é apresentado pelo Paysandu-PA e se mostra pronto para maior desafio da carreira – Futebol Interior


Belém, PA, 10 (AFI) – Um dos grandes problemas recentes do Paysandu-PA, apesar da ótima atuação de Ruy na vitória sobre o Santa Cruz-PE por 1 a 0, é a armação. Roberto Fonseca teve ‘dores de cabeça’ com a falta de criatividade e a diretoria do Papão buscou William Fazendinha, do Castanhal-PA.

O meio-campista de 28 anos sequer disputou uma partida de Campeonato Brasileiro Série C na carreira, porém, o ano de 2021 credencia ele para tal. Fazendinha é um dos destaques do Castanhal na campanha invicta para o mata-mata da Série D.

JOVEM rememora ANO EXCELENTE DO PALMEIRAS

‘AGORA MEU FOCO É OUTRO’

A trajetória no Japiim começou em 2020. O jogador esteve presento no elenco que chegou à semifinal do Campeonato Paraense e garantiu, depois de 21 anos, a participação do Castanhal na Série D.

Fazendinha não esconde a gratidão que tem pelo clube, porém, é atleta do Paysandu, no momento, e as ambições são maiores.

“Sou muito grato ao Castanhal Por tudo que vivi ali dentro do clube, por fazer parte do crescimento dele e fico na torcida para que eles consigam os objetivos deles lá, que é subir para a Série C. Agora meu foco é outro, eu estou aqui no Paysandu, minha cabeça só está no Paysandu. Vamos buscar o objetivo do clube, que é o acesso.”

NÃO SOU A SOLUÇÃO

A chegada de Fazendinha, justamente pela carência no meio campo, traz esperanças aos torcedores do Paysandu. Ele atuou em praticamente todas as partidas do Castanhal e está à disposição, mas pede calma.

“Fico feliz pelo apoio da torcida, mas não acredito que eu seja solução também para o time. Acho que o time depende muito do grupo e tem outros jogadores na minha posição que também estão na briga, no dia a dia, como o Ruy, que foi muito bem no último jogo. Só quem tem a ganhar é o grupo.”

“Estou em condições de jogo. Claro que é outra competição, é outro campeonato, é outro nível, mas acredito que, como eu vinha jogando, atuando em todos os jogos, tenho condições de jogar nesses últimos jogos.”

SITUAÇÃO NA SÉRIE C

O Paysandu é o vice-líder do Grupo A com a mesma pontuação do primeiro colocado Manaus, 24, e enfrenta na 16ª rodada – a antepenúltima – o sexto, com 20, Ferroviário-CE. O duelo é na segunda-feira (13), às 15 horas, no Cidade Vozão.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior