Galvez-AC 0 x 0 Guarany de Sobral-CE – Galvez não aproveita e Sol ‘mata’ etapa final – Futebol Interior


Rio Branco, AC, 13 (AFI) – O fechamento da primeira rodada pela Segunda Fase do Campeonato Brasileiro Série D acabou sem gols. Galvez-AC e Guarany de Sobral-CE não comemoraram, na Arena da Floresta, e deixaram tudo para a próxima semana. O Galvez foi melhor, principalmente no primeiro tempo de Gordo, mas o forte calor afetou a partida.

O vencedor do duelo enfrenta, nas oitavas de final, quem avançar entre Campinense-PB e Sergipe-SE. Na primeira partida, em Sergipe, as equipes empataram em 2 a 2. Qualquer igualdade, na volta, leva a decisão para os pênaltis. Não há critério de gol fora.

GORDO TOMA CONTA DO JOGO

O confronto iniciou tenso, como era esperado, e os times não se arriscaram no ataque, durante os primeiros minutos. Aos poucos, porém, o Galvez ficou mais solto e levou perigo ao goleiro Theo, principalmente nas participações de Gordo.

Aos 16, o camisa 10 apareceu no segundo pau, após a defesa do Guarany “bater cabeça”, e finalizou no cantinho. A bola até balançou as redes, mas pelo lado de fora. Nas duas oportunidades seguintes, Gordo foi responsável por servir os companheiros.

Aos 18, Felipinho recebeu aberto pela direita, cortou para dentro e chutou por cima, com muita força. Aos 28, Eduardo entrou livre na área e a cobrança de falta do Gordo acabou no pé do zagueiro que completou para fora.

Antes do intervalo, o craque do Galvez criou e concluiu em mais uma grande chance do Galvez. O meio-campista saiu no contra-ataque, driblou Danilo com elegância, e, de esquerda, arrematou rasteiro para tirar tinta da trave. Os visitantes sequer exigiram defesa de Edivandro e não encontraram alternativas para assustar.

SOL PESA E RITMO CAI

A parada nos vestiários afetou o nível negativamente. O início do segundo tempo foi parado, com poucas oportunidades. O Guarany continuou recuado e sem soluções. O Galvez, perdeu em criatividade. O forte calor também esteve entre os fatores para a queda no rendimento.

As chances voltaram a aparecer quando os treinadores mexeram nos times. No Galvez, Gordo não aguentou o ritmo e cedeu a vaga para Radames, que era previsto nos 11 iniciais e deu sangue novo.

Na primeira bola, recebeu falta próxima a linha de escanteio e assumiu a responsabilidade da batida. Ele cruzou, a defesa do Guarany afastou parcialmente e Ryan ficou com a sobra, dentro da área. O lateral dominou e finalizou. Theo tirou com os olhos e a redonda raspou a trave.

O Guarany respondeu no contra-ataque com Hugo. Um pouco “sem querer”. O ponta-esquerda escapou em velocidade pelo corredor esquerdo e tentou o lançamento à área. O chute de esquerda, porém, teve a direção do gol e exigiu boa defesa de Edivandro, que estava esperto. O último susto, antes do apito final.

DECISÃO

O segundo jogo é na próxima segunda (20), às 15 horas, no Junco. Será o último confronto da Segunda Fase para definir os 16 classificados às oitavas de final.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior