Mudanças garantem vitória do Paysandu-PA na última rodada – Futebol Interior


Belém, PA, 07 (AFI) – O Paysandu-PA não podia desperdiçar mais uma oportunidade neste domingo, quando enfrentou o Santa Cruz-PE. Só os três pontos interessavam e o treinador Roberto Fonseca, ciente, alterou o time titular com muito sucesso. O Papão bateu a Raposa por 1 a 0.

Depois do triunfo, o comandante fez questão de elogiar os jogadores que entraram e foram fundamentais para a equipe assumir a vice-liderança no Grupo A do Campeonato Brasileiro Série C. O Paysandu tem os mesmos 24 pontos do líder Manaus-AM, mas perde no número de vitórias (6 a 7).

RESULTADOS FALAM POR SI’

ATÉ QUE ENFIM!

O grande destaque, sem sombra de dúvidas, ficou para o meio-campista Ruy. Contratado para a competição, ele ainda não tinha entregado. Contra o Santa Cruz, porém, Ruy foi o tão sonhado e ausente camisa 10 que o Paysandu precisava.

“A presença do Ruy deixou equipe mais equilibrada. Nós tivemos aquele meia pensante, que fez a transição, a bola não ficou só batendo e voltando. Tivemos hoje um jogo apoiado, tanto nos lances de chance de gol, a maioria deles o Ruy participou.”

NÃO DECEPCIONARAM

As outras duas mudanças, apesar de forçadas por suspensão e lesão, também têm muito mérito de Roberto Fonseca. Victor Sallinas substituiu Perema, que recebeu o terceiro amarelo no empate em 1 a 1 com o Floresta-CE, e Luan Santos entrou na vaga de Rildo, que sentiu um desconforto na coxa esquerda.

“O Salinas fez uma grande partida, seguro na bola aérea, acaba nos agradando na defesa e teve uma grande participação. O Luan é aquilo que já esperávamos também, mas eu acredito muito e atribuo isso a como o adversário veio jogar.”

‘MAIS QUATRO PONTOS’

Os pontos importantes permitem ao treinador fazer contas e se empolgar em busca da classificação. Faltam apenas três rodadas e o Paysandu inicia a reta final na próxima segunda-feira (13), às 15 horas, com um duelo direto.

Enfrenta o sexto colocado Ferrovíario-CE, que tem 20 pontos, no Elizir Cabral.

“Acredito que com mais quatro pontos, quem sabe cinco, para conseguir consolidar a classificação. Temos jogos difíceis pela frente e, o clima de decisão como demonstramos durante a semana e para esse jogo, acredito que teremos nos três próximos jogos também.”

Confira também:





Fonte: Futebol Interior