29.6 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Presidente do Náutico critica postura dos clubes que querem a volta de público – Futebol Interior


Recife, PE, 15 (AFI) – Edno Melo, presidente do Náutico, criticou a postura dos clubes que entraram na justiça para contar com público nos estádios. Ele foi contra os demais clubes realizarem esse posicionamento antes da reunião entre os clubes.

No encontro, ficou decidido que a Série B só voltaria a ter torcida nos estádios quando 80% das cidades em que os jogos acontecem estivesse com o público liberado. Ainda falta uma cidade de acordo com o presidente.

FALA, PRESIDENTE

“A CBF nos comunicou ontem (terça-feira) que, dos 16 municípios envolvidos na Série B, 12 liberaram público. O que a gente tinha determinado no arbitral era que, quando 80% das cidades liberassem o público, poderia liberar para todo mundo”, explica Edno, criticando a postura dos quatro que entraram com ações no STJD.

PODE JOGAR EM JOÃO PESSOA

Apesar de manter a postura é respeitar o acordo, o clube está de olho na chance de ter público nos seus jogos. Recife, Salvador, Campinas e Londrina são as cidades que ainda não podem receber público. De acordo com Edno, caso Recife não autorizar, o Timbu jogará em João Pessoa.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior