21.1 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Presidente ressalta força do Paysandu-PA, mas não deixa de cobrar – Futebol Interior


Belém, PA, 14 (AFI) – O Paysandu-PA segue na vice-liderança do Grupo A no Campeonato Brasileiro Série C, porém, a última rodada levantou dúvidas. O Papão sofreu uma goleada para o concorrente direto Ferroviário-CE por 5 a 1 e o ambiente, que parecia tranquilo, ficou tenso.

O presidente Maurício Ettinger usou as redes sociais para reforçar as cobranças em cima do elenco e responder os torcedores bicolores. Alguns, inclusive, pediram a demissão do treinador Roberto Fonseca.

SEM TEMPO, IRMÃO

Faltam duas rodadas para o término da Primeira Fase e a distância para o quinto colocado, o próprio Ferroviário, é de apenas um ponto. Se o Paysandu já não deveria “falhar” na segunda-feira…

“Infelizmente tivemos a nossa pior atuação na temporada e todos nós sabemos disso, direção, comissão e atletas. Não podemos mais falhar, estamos na reta mais importante do ano para o clube.”

“Continuamos na vice-liderança e com todas as possibilidades de classificação, mas não podemos mais ter uma atuação tão abaixo. As cobranças internas sempre vão existir, pois confiamos no nosso grupo de trabalho e é esse grupo que vai nos levar para a Série B.”

‘TEMOS CONDIÇÕES’

O Papão volta a campo, em busca de se aproximar da vaga, no sábado, fora de casa, contra o Altos-PI, às 17 horas, no Albertão. Maurício Ettinger reforçou o voto de confiança sobre o grupo.

“Vamos trabalhar muito forte para conseguir o resultado em Teresina (PI) e alcançar o primeiro objetivo, que é a classificação. Temos uma equipe com totais condições e capacidade para isso.”

MARCOS BRAZ DESPISTA SOBRE DANIEL ALVES

Confira também:





Fonte: Futebol Interior