Treinador valoriza trabalho mental e conjunto em recuperação do Manaus-AM – Futebol Interior


Manaus, AM, 07 (AFI) – O Manaus-AM não deixou a primeira derrota sob o comando de Evaristo Piza, para o Tombense-MG por 2 a 1, afetar o elenco. Na partida seguinte, viajou a Salvador e bateu o Jacuipense-BA por 1 a 0 para assumir a liderança do Grupo A no Campeonato Brasileiro Série C.

O treinador soma, até o momento, quatro vitórias, um empate e um tropeço. Antes da chegada, na décima rodada, o Gavião estava há quatro jogos sem vencer.

DANILO PROJETO JOGO CONTRA O PERU

TODOS AJUDAM NO DIFÍCIL COMPROMISSO

O Jacuipense é o nono colocado e abre a zona de rebaixamento, porém, Evaristo Piza sabia da dificuldade. Ainda mais quando restam apenas quatro partidas, antes de entrar em campo, para o término da Primeira Fase.

O Manaus, por isso, contou com uma boa preparação mental e grande atuação do elenco, não só os titulares, para somar os três pontos.

“Parece que é simples enfrentar jogos como esse, há uma obrigação porque você está no G-4 e vai pegar um que está no Z-2. A realidade não é essa. A gente fortaleceu isso para o grupo, de respeitar o Jacuipense e se impor.”

“Mais uma vez o pessoal que iniciou desgastou o adversário e o pessoal que veio do banco potencializou o jogo e a gente conseguiu o resultado positivo que é muito importante para gente agora nessa reta final da competição.”

‘COMEÇOU EM TOMBOS’

Muito do triunfo também está na lição da derrota. O treinador valorizou a postura do time que, apesar do desânimo, reconheceu a força de vontade durante o duelo contra o Tombense.

“Essa vitória começou a ser construída no retorno de Tombos. Todos ficaram tristes com o resultado lá, ao mesmo tempo contente com a entrega, com o espírito. Nós perdemos lá, mas perdemos de cabeça erguida, jogando em cima do adversário. Buscamos o empate até o último minuto. O Tombense não teve ações no segundo tempo e isso fortaleceu a semana.”

BRIGA BOA

O Manaus tem a mesma pontuação do Paysandu-PA, 24, mas fica na primeira colocação pelo número de vitórias (7 a 6). Na próxima rodada, o Gavião busca se manter e tem tarefa complicada. Recebe, na Colina, o quinto Botafogo-PB, de 22 pontos, no domingo (12), às 16 horas.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior