20.2 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Vila Nova 1 x 0 Náutico – Tigre vence e respira contra o rebaixamento na Série B – Futebol Interior


Goiânia, GO, 10 (AFI) – O Vila Nova conquistou importante vitória na noite desta sexta-feira, quando recebeu o Náutico e venceu por 1 a 0, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Clayton fez o único gol da partida no final do primeiro tempo.

Com o resultado, o Vila Nova ganhou duas posições e agora aparece em 14º lugar, com 26 pontos. Três pontos a mais que o Vitória (17º) e primeiro time na zona de rebaixamento. Além disso, os goianos chegaram ao terceiro jogo sem derrota, sendo duas vitórias e um empate.

Já o Náutico perdeu a chance de encostar no G4 – grupo de acesso – e pode ver a briga pelo acesso ficar ainda mais complicada. Os pernambucanos ficaram com os mesmos 35 pontos, agora em sétimo lugar.

TIMBU COMEÇA BEM, MAS VILA SAI NA FRENTE

Mesmo fora de casa, o Náutico pressionou o Vila Nova e criou as melhores chances de gol no início do primeiro tempo. Aos 15, Luiz Henrique foi até a linha de fundo e cruzou para Paiva, que chegou atrasado e não conseguiu finalizar.

Sentindo o bom momento, os pernambucanos seguiram no ataque e voltaram a criar aos 18, quando Djavan aproveitou sobra na entrada da área e finalizou forte, de primeira, obrigando o goleiro Georgemy a fazer ótima defesa.

Mas o Vila Nova aos poucos conseguiu equilibrar a partida e também chegou ao campo ofensivo. Aos 23, Arthur Rezende cruzou na área e Rafael Donato, de cabeça, quase balançou as redes. E, aos 47, os goianos abriram o placar. Clayton foi lançado e finalizou cruzado, sem chances de defesa.

VILA NOVA SEGURA A VITÓRIA

No segundo tempo, o Náutico priorizou o toque de bola, mas custou a encontrar espaços na forte marcação do Vila Nova. Tanto é que foram raros os momentos em que os jogadores do time pernambucano conseguiram espaço para finalizar ao gol. A saída foi alçar bolas na área, todas sem perigo.

Após muita insistência, o Náutico poderia ter empatado aos 18 minutos. Após ótima tabela, Álvaro recebeu na pequena área, sem marcação, mas furou na hora da finalização, desperdiçando uma chance incrível.

O Vila Nova, apesar da cautela em campo, chegou com perigo em bolas paradas com o meia Arthur Rezende. Mas o foco do time goiano foi em manter a forte marcação e segurar a vitória até o apito final, estratégia que deu certo.

PRÓXIMOS JOGOS

O Vila Nova volta a campo na sexta-feira para enfrentar o Coritiba, às 19 horas, no Couto Pereira, em Curitiba (PR). Já o Náutico, no sábado, visitará o Botafogo-RJ, às 16h30, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ).

Confira também:





Fonte: Futebol Interior