Vitória 1 x 2 Remo – Virada para segurar o time baiano na zona de rebaixamento da Série B – Futebol Interior


Salvador, BA, 10 (AFI) – Em duelo direto contra o rebaixamento, o Remo acabou com a ascensão do Vitória ao bater o rival por 2 a 1, na noite desta sexta-feira, no estádio Barradão, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. De quebra, deixou o rival dentro da zona de rebaixamento.

Com o resultado, o Remo subiu para a 11ª colocação, com 30 pontos e aumentou a gordura para a zona da degola. O Vitória é quem abre, na 17ª posição, com 23. O time baiano vinha de seis jogos sem derrotas na competição.

PRIMEIRO TEMPO DO VITÓRIA

Com uma equipe totalmente remendada devido aos desfalques, o Remo sofreu com entrosamento e demorou para se adaptar dentro de campo. O Vitória, então, tentou aproveitar os primeiros minutos para sair na frente do placar. Logo aos 11 minutos, Bruno Oliveira acionou Marcinho pela esquerda. O atacante passou por Thiago Ennes e chutou no fundo das redes.

O Remo foi se adaptando aos poucos e chegou pela primeira vez em cabeçada, à queima-roupa, de Mateus Moraes. Vinícius fez grande defesa. Mas a fase do time paranaense não é boa. Antes mesmo do apito final, perdeu Thiago Ennes, lesionado.

Remo derrota o Vitória no Barradão. Foto: Samara Miranda/Remo

A tática foi se fechar para levar o empate para o intervalo. Na volta para o segundo tempo, o Remo entrou com outra personalidade, dominou surpreendentemente o Vitória e deixou tudo igual aos 16 minutos. Rafinha achou Marcos Júnior dentro da pequena área. O volante só precisou empurrar para o gol.

VIRADA

O Vitória demorou, mas acordou e foi com tudo para o ataque. O time baiano teve um pênalti marcado em cima de Marcinho. Após revisão do VAR, o árbitro voltou atrás e anulou o lance. A decisão abaixou o ímpeto do clube baiano, que viu o Remo equilibrar novamente as ações.

E a sorte enfim encontrou o time paraense. Marcos Júnior fez grande jogada e deu belo cruzamento para Lucas Tocantins. O atacante tirou de Lucas Arcanjo e ‘dançou’ o vira no Barradão. Na frente, o Remo colocou todos os jogadores atrás da linha do meio de campo e segurou o Vitória, que ainda teve Caíque expulso por reclamação.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, o Remo enfrenta o Avaí na quinta-feira, às 21h30, no Baenão, em Belém (PA). Na sexta-feira, às 16h, o Vitória visita o Brusque, no Augusto Bauer, em Brusque (SC)

Confira também:





Fonte: Futebol Interior