Assassinato em Olivença: Perícia entrega laudo de local do crime à polícia

A Perícia Oficial do Estado de Alagoas (Poal) confirmou nesta quarta-feira, 10, que já finalizou e encaminhou à polícia o laudo do local do crime do homicídio da cabeleireira Damiana Roberto Correia, de 45 anos, ocorrido no último dia 25 de outubro em um cartório no município de Olivença. O documento é um importante instrumento…

Reprodução / Redes Sociais

Dayrla e Damiana

A Perícia Oficial do Estado de Alagoas (Poal) confirmou nesta quarta-feira, 10, que já finalizou e encaminhou à polícia o laudo do local do crime do homicídio da cabeleireira Damiana Roberto Correia, de 45 anos, ocorrido no último dia 25 de outubro em um cartório no município de Olivença. O documento é um importante instrumento para conclusão das investigações.

O crime aconteceu no final da manhã daquela segunda-feira e deixou várias testemunhas. A vítima estava acompanhando sua filha Dayrla Roberto Correia Melo, de 21 anos, em seu local de trabalho, quando ambas foram alvos de disparos de arma de fogo disparados por um homem até então desconhecido.

No mesmo dia a família se pronunciou nas redes sociais e apontou o ex-genro de Damiana como autor do atentado. Ele não aceitaria o fim do relacionamento com Dayrla Roberto, que inclusive já havia recebido ameaças dele. A jovem ficou gravemente ferida e seria, na verdade, seu alvo principal.

Dois dias após o crime a polícia civil apreendeu uma motocicleta usada pelo suspeito para fugir, depois do dono do veículo procurar a polícia. Duas pessoas que teriam ajudado na fuga do suspeito também foram presas.em seguida.

Leia Mais:

Polícia prende suspeito de participação no assassinato do cartório de Olivença

Polícia prende mulher suspeita de envolvimento no crime do cartório de Olivença

O suspeito, de 37 anos, acabou sendo lcoalizado e preso no dia 30 de outubro, escondido na catacumba da avó, no cemitério da cidade. Ele confessou o crime e informou que jogou a arma utilizada em uma barragem durante a fuga. Ele alegou como motivação o fato de ter dado R$ 10 mil a ex-namorada e quando pediu a devolução, a jovem alegou que só possuía R$ 3 mil. A mãe teria morrido por se interpor na briga do ex-casal.

No dia do crime Dayrla Roberto foi socorida para o Hospital de Santana do Ipanema, onde recebeu tratamento médico, mas à pedido da família, o hospital deixou de informar o estado de saúde da paciente a partir do dia 27 de outubro.

Veja Ainda:

PC vai ouvir testemunhas do atentado no cartório de Olivença que vitimou mãe e filha

Autor de homicídio em cartório é transferido para Maceió; ‘questão de segurança’, diz delegado

A Poal informou também que o laudo cadavérido relativo ao exame de necropsia no corpo da vítima, está em processo de revisão e ficará disponível para a delegacia realizar a retirada no IML de Arapiraca, na próxima terça-feira, dia 16 de novembro.

Leia na íntegra:

NOTA POAL

Em relação aos laudos criminais, referentes ao homicídio da cabeleireira Damiana Roberto Correia, de 45 anos, ocorrido no último dia 25 de outubro no município de Olivença, a Perícia Oficial do Estado de Alagoas esclarece que:

O laudo de local de crime do Instituto de Criminalística, cujo levantamento foi realizado pelo perito criminal Jeiely Ferreira foi concluído e entregue a delegacia responsável pela investigação na última sexta-feira, dia 08 de novembro.

Já o laudo cadavérico, relativo ao exame de necropsia no corpo da vítima, está em processo de revisão e ficará disponível para a delegacia realizar a retirada no IML de Arapiraca, na próxima terça-feira, dia 16 de novembro.

Fonte: Alagoas24horas