Atendimento no CadÚnico será exclusivo por agendamento a partir de terça (16)



A partir da próxima terça-feira (16), o atendimento para os serviços do Cadastro Único (CadÚnico), realizados pela Prefeitura por meio da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), passarão a ser realizados exclusivamente através de agendamento.

A notícia, anunciada pelo prefeito Bruno Reis nesta sexta-feira (12), foi indicada após as longas filas registradas nesta manhã. A expectativa é de que 3 mil pessoas sejam atendidas por dia, mediante agendamento através do site horamarcada.salvador.ba.gov.br, aplicativo Fala Cidadão ou pelo Assistente Virtual Jana, no WhatsApp (71) 98392-3927.

O prefeito ressaltou que a administração municipal está fazendo um trabalho de mobilização para incluir no Cadastro Único, famílias que estão em situação de pobreza e extrema pobreza e que não estão recebendo o Bolsa Família. Ele aproveitou para ressaltar que quem está recebendo o Bolsa Família não precisa se recadastrar para receber o Auxílio Brasil. Com isso, o foco do atendimento municipal neste momento envolve as famílias que estão com o benefício bloqueado, aquelas que não fazem a atualização cadastral há mais de dois anos e as famílias que não têm cadastro. 

Funcionamento
O atendimento mediante agendamento prévio acontecerá de segunda a sexta-feira e permitirá que a unidade sede do CadÚnico (Comércio) receba 450 pessoas por dia; o Nuar (Comércio) realizará 160 atendimentos diários; o Subúrbio 360 (Coutos) atenderá 200 pessoas por dia e a Casa do Trabalhador Cajazeiras realizará mais 200 atendimentos diários.  

Já os serviços prestados nas dez Prefeituras-Bairro terão o atendimento triplicado de 550 para 1,5 mil por dia, no total. Já as práticas de cadastramento, recadastramento e inclusão nos Centros de Referência e Assistência Social (Cras) terão a quantidade duplicada. 





Fonte: iBahia