CRB x Londrina – É a hora da verdade na Série B! – Futebol Interior


Maceió, AL, 09 (AFI) – Sonhando com o acesso, o CRB desafia o Londrina nesta quarta-feira, às 21h30, no estádio Rei Pelé, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Diferente do rival, o time paranaense quer se afastar da zona de rebaixamento.

Após a derrota para o Cruzeiro, por 1 a 0, na última rodada, o Londrina aparece na 17ª colocação, com 38 pontos, mesma pontuação do Brusque, o primeiro fora da zona de rebaixamento. O time catarinense leva a melhor no número de vitórias: 11 a 9.

O CRB, por sua vez, perdeu para a Ponte Preta, por 1 a 0, no último domingo. O revés fez com que ficasse na sexta colocação, com 54 pontos. O CSA, em quarto, tem 55.

COMO VEM O GALO?

O técnico Allan Aal não poderá contar com o volante Claudinei, que recebeu o terceiro cartão amarelo e irá cumprir suspensão automática. Marthã treinou no setor e iniciará o duelo nesta quarta-feira.

CRB e Londrina se enfrentam nesta quarta-feira

A expectativa é que o treinador também faça alterações no ataque. Pablo Dyego disputa vaga com Emerson, enquanto que Nicolas Careca briga com Júnior Brandão para iniciar o embate.

“A gente ainda continua na briga, continua lutando pelo acesso, sonhando com esse acesso e ainda depende das forças do CRB. Temos um jogo em casa, contra o Londrina, que é fundamental, e depois temos uma sequência que pode definir o nosso acesso até antes da última rodada, pela questão da tabela dos adversários”, falou Allan Aal.

OLHO NO TUBARÃO!

O técnico Márcio Fernandes terá alguns problemas para escalar o Londrina. O treinador não terá o atacante Zeca, suspenso. No entanto, contará com o lateral Elacio Cordoba e o zagueiro Augusto, que foram liberados pelo Departamento Médico.

Elacio Cordoba reassume a lateral-direita que vinha tendo Matheus Bianqui no setor. Já Augusto não teve complicações causadas por um distensão muscular e seguirá entre os titulares. Marcelinho e Caprini disputam vaga no ataque.

“Os jogadores ficaram abatidos depois do jogo (contra o Cruzeiro), não esperávamos essa derrota. E por tudo que foi o jogo, também não merecíamos. É levantar o astral, entendermos que ainda temos quatro jogos pela ‘frente. É hora de a gente juntar os cacos e saber que temos mais quatro jogos para conseguir os pontos importantes, necessários para a gente sair”, disse Márcio Fernandes.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior