Fortaleza 1 x 1 São Paulo – Leão no G4 e Tricolor segue ameaçado – Futebol Interior


Fortaleza, CE, 10 (AFI) – O São Paulo lutou até o fim e conseguiu arrancar um empate do Fortaleza na Arena Castelão. Na noite desta quarta-feira (10), os dois times ficaram no 1 a 1 em partida válida pela 31ª rodada do Brasileirão.

O resultado não afasta o São Paulo da zona de rebaixamento. O time é o 14º colocado, com 38 pontos, cinco a mais que o Juventude. Já o Fortaleza chegou aos 49 e, por causa do número de vitórias (14 a 12), “roubou” o quarto lugar do Red Bull Bragantino.

DEU SONO
O São Paulo começou a partida marcando em cima do Fortaleza e assustou aos sete minutos em finalização de Rodrigo Nestor. A posse de bola era do time paulista, enquanto os donos da casa apostavam no contra-ataque para surpreenderem.

Em um desses lances, aos 28 minutos, Depietri carregou sozinho e bateu para fora. A partida continuou sem maiores lances de perigo até o apito do árbitro. O futebol apresentado pelos dois times deixou os torcedores presentes no Castelão frustrados.

AGORA SIM
O segundo tempo começou mais movimentado. Reinaldo assustou em chute de fora da área e Ronald respondeu para o Fortaleza em finalização que passou raspando a trave. Aos 13, Depietri fez boa jogada individual e cruzou para Robson colocar os donos da casa na frente.

O gol do Fortaleza fez o São Paulo se lançar para o ataque, mas quem quase marcou foi o time cearense. Wellington Paulista arriscou de fora da área, a bola desviou e assustou Tiago Volpi. A resposta veio em finalização de Calleri para fora.

O São Paulo chegou a empatar com Victor Bueno aos 38 minutos, mas o gol foi anulado pelo VAR. Nos acréscimos, porém, o time conseguiu o empate através de cobrança de falta do meia Benítez no ângulo de Marcelo Boeck.

PRÓXIMOS JOGOS
O Fortaleza volta a campo no sábado (13), contra o Red Bull Bragantino, às 19h, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). No domingo (14), o São Paulo recebe o Flamengo, às 16h, no Morumbi, em São Paulo (SP).

Confira também:





Fonte: Futebol Interior