Santos vence e se afasta da degola; Ceará surpreende Corinthians – Futebol Interior


Campinas, SP, 25 (AFI) – Castelão, em Fortaleza, pela 35ª rodada do Brasileirão Assaí. Com a vitória, o Vozão aparece em oitavo lugar, com 49 pontos. O Timão fica em quarto lugar, com 53 pontos.

O Peixe respira no Brasileirão Assaí. Jogando na Vila Belmiro, em Santos, (SP), o Alvinegro Praiano derrotou o Fortaleza por 2 a 0, e subiu posições. Marcos Leonardo assinalou os dois gols da vitória sobre o Leão do Pici, nesta quinta-feira (25), em duelo válido pela 35ª rodada.

Na tabela, o Santos alcança os 45 pontos e pula para a 11ª posição. Já o Fortaleza está em quinto, somando 52 pontos.

VITÓRIA DO VOZÃO!

O Vozão abriu o placar logo no início do jogo, aos cinco minutos do primeiro tempo. Lima interceptou a saída de bola do Corinthians e a bola sobrou para Vina. O atacante chutou forte de fora da área e balançou as redes. O Timão tentou responder aos 18 minutos, em chute forte de Du, que explodiu na zaga.

O Alvinegro Cearense quase ampliou aos 23 minutos, em chute cruzado de Mendoza. Cinco minutos depois, Vina arriscou de longe por cima do gol. Aos 35 minutos, Gabriel Pereira tentou empatar o jogo em chute forte no gol. João Ricardo espalmou para escanteio. Quatro minutos depois, Róger Guedes chutou de fora da área e o goleiro defendeu.

Ceará surpreende o Corinthians. Foto: Stephan Eilert / Ceará SC

No segundo tempo, os donos da casa começaram no ataque. Aos quatro minutos, Mendoza chutou de longe e Cássio defendeu. Aos 20, Jorginho bateu colocado e o goleiro do Timão defendeu mais uma vez. No fim, o jogo ficou emocionante. Aos 38, o Alvinegro do Parque São Jorge deixou tudo igual. Róger Guedes se livrou da marcação pelo lado esquerdo e fez um belo gol.

Três minutos depois, porém, o Vozão voltou a ficar na frente. Yony González aproveitou cruzamento de Igor e cabeceou para o fundo das redes. Nos acréscimos, aos 46, o time visitante quase empatou. Gustavo Mosquito aproveitou sobra e chutou forte, mas o Ceará ficou com o triunfo.

DEU PEIXE!

Jogando sob seus domínios, o Peixe começou a partida pressionando. No primeiro minuto, Diego Tardelli arriscou o chute de fora e a bola passou com perigo. Aos 17, Danilo Boza recebeu o cruzamento, desviou, Titi cortou e Zanocelo tentou no rebote, mas novamente a defesa tricolor conseguiu salvar.

Depois dos 28 minutos, o Tricolor do Pici começou a dominar as ações ofensivas. Primeiro João Paulo fez grande defesa em finalização de Robson. Enquanto aos 43, o atacante tentou novamente o chute, dessa vez de canhota, e o arqueiro do Peixe apareceu novamente para salvar. O Santos ainda conseguiu uma última oportunidade aos 49, em chute de Marcos Guilherme, mas Marcelo Boeck apareceu para defender e evitou o gol.

No segundo tempo, o Peixe voltou com o ímpeto ofensivo maior, como nos primeiros minutos de jogo. Marcos Leonardo levou perigo logo no primeiro ataque. Já aos 16, Gabriel Pirani arriscou o chute de primeira e a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Até que aos 25 minutos, de pênalti, Marcos Leonardo abriu o placar na Vila Belmiro. Em vantagem, o Santos buscou administrar o jogo, enquanto o Tricolor não conseguiu oferecer muito perigo. Quando o relógio apontava 44 minutos, Gabriel Pirani e Marcos Leonardo tabelaram em transição rápida, e o atacante ficou de frente para o gol, chutou bonito, fez o segundo e definiu o placar.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior