Treze inicia trabalhos em 5 de dezembro – Futebol Interior


Campina Grande, PB, 26 (AFI) – O Treze já começa na prática seu planejamento para a temporada de 2022, onde tenta uma boa campanha no estadual e voltar a ter calendário nacional futuro. O presidente Olavo Rodrigues anunciou Flávio Barros como novo treinador para o Campeonato Paraibano e o auxiliar técnico Jeferson Magno, o Capitão. 
Segundo presidente, o técnico Flávio Barros – ex-Ceres,-GO, ASA-AL, CRB-AL, Aparecidense-GO, ABC-RN, Sousa-PB, e do próprio Treze em 2008 -, inicia com a diretoria, o planejamento para o ano que vem, e depois de definir o elenco trezista, os treinos começam a ser intensificados em 5 de dezembro.

Segundo o presidente do Galo da Borborema, o clube teve dificuldades em contratar um treinador por conta das dificuldades, porque a situação financeira do clube não era boa, e a diretoria eleita vem começando a buscar alternativas para isso.

“Com o novo treinador e esse novo trabalho, nossa meta é fazer uma boa campanha no estadual. Não vamos prometer o título, mas que vamos lutar e muito para conquistá-lo e com isso voltar a ter um calendário nacional e um trabalho com qualidade”. Segundo Olavo, a meta é construir uma boa estrutura no futebol do Treze com um planejamento mais viável possível.

PROBLEMAS FINANCEIROS

Na entrevista à imprensa no Estádio Presidente Vargas, o presidente Olavo Rodrigues disse que o clube tem cerca de R$ 15 milhões em dívidas e dessas, R$ 95 milhões em passivos trabalhistas. De acordo com o dirigente, devido a essa situação difícil, até o fornecimento de água do Estádio Presidente Vargas foi cortado e o clube e o caminhão-pipa do clube estaria quebrado. 

A diretoria, que tem além de Rodrigues, o vice Artur Bolinha, entre outros nomes, detectou 103 processos trabalhistas e a dívida de R$ 15 milhões pode ser ainda ampliada.

“A cada dia que passa, estamos observando mais processos, e a tendência é que esse valor aumente. É uma situação sem controle e que está bloqueando as arrecadações do clube, mas nosso jurídico busca encontrar as soluções para que haja um entendimento e o time possa sobreviver”, revela o dirigente. Segundo ele essas dívidas levaram à penhora do estádio PV, situação que a diretoria atual está tentando reverter. 

E conta com o apoio do torcedor. O clube lançou a campanha “Pix do 13”, que  estimula  torcedores a fazerem doações, que podem auxiliar o processo de melhorias do clube.  Olavo disse que pretende voltara a mandar jogos no PV, e que uma reforma no gramado, que deve custar R$ 30 mil, está no planejamento.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior