Auxílio Emergencial 2022: Pagamentos já começaram; veja como receber


O novo lote de pagamentos do Auxílio Emergencial começou a ser pago na última quinta-feira (13). A informação foi divulgada pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

Os repasses são referentes ao retroativo do programa destinado aos pais solteiros chefes de família monoparental. Deste modo, as novas cotas não se tratam de uma prorrogação do Auxílio Emergencial.

Veja também: LIBERADO: R$ 3 mil de Auxílio Emergencial para pais solteiros

Auxílio Emergencial para pais solteiros

No início do programa foram repassadas cinco parcelas no valor de R$ 600 para o público geral, e parcelas dobradas (R$ 1.200) para as mães solteiras chefes de família. Na ocasião, embora os pais solteiros também se encaixassem na condição de provedor solo, não receberam as cotas duplas.

Isso porque, o presidente Jair Bolsonaro havia impedido o recebimento por meio de um veto. No entanto, no ano passado o Congresso Nacional conseguiu derrubar o veto do chefe do Executivo, possibilitando apenas agora que a distribuição ocorresse.

Sendo assim, o Ministério da Cidadania, responsável por gerenciar os novos pagamentos, passará valores equivalentes a R$ 3 mil aos pais de direito, considerando o complemento das cinco primeiras parcelas do programa pagas em 2020.

Quem terá direito ao retroativo do Auxílio Emergencial?

Segundo o governo, serão beneficiados os pais solteiros que eram inscritos no Auxílio Emergencial no início do ano passado e recebiam por mês a quantia regular de R$ 600. Na época, as mães solteiras chefes de família monoparentais recebiam uma cota dupla de R$ 1.200 por mês.

Isso ocorreu devido ao veto do presidente Jair Bolsonaro que impossibilitou o público masculino de ter acesso as parcelas dobradas. Porém, este ano o Congresso Nacional derrubou a restrição e permitiu que os homens na mesma situação que mulheres recebessem o complemento dessas parcelas.

O valor que o auxílio vai receber dependerá de quantas parcelas de apenas R$ 600 recebeu em 2020. Ao todo, foram cinco depósitos com este valor. Desta forma, aqueles que forem elegíveis terão direito a um adicional de até R$ 3 mil. Os repasses devem começar no próximo mês.

Dataprev libera consulta da cota extra

Os possíveis candidatos à eleição do benefício podem consultar a sua situação pelo site oficial do Auxílio Emergencial. Na prática, basta informar o número do CPF, nome completo, data de nascimento e o nome completo da mãe.

A Dataprev deve checar novamente os dados para verificar se os homens chefes de família que pediram a cota dupla não possuem cônjuge ou companheira(o) e se há pelo menos uma pessoa menor de 18 anos na família. Além disso, será verificado se a cota dupla (R$ 1.200) já foi paga para a mãe do mesmo grupo familiar. Caso isso tenha acontecido, o pai não receberá.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos