Mais de 1.270 assaltos a ônibus são registrados na capital baiana em 2021



Entre janeiro e dezembro de 2021, foram registrados 1.272 assaltos a coletivos em Salvador. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (06) pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP/BA). Na prática, são em média 3,5 assaltos por dia.

Ainda segundo a entidade, no mesmo período, 228 pessoas envolvidas nos roubos foram presas e 46 adolescentes apreendidos durante abordagens da Gemeos. Além desses números, 61 armas de fogo, 46 armas brancas e 53 simulacros foram aprendidos pela mesma unidade.

Tendência de queda
Os roubos a ônibus seguem em queda pelo quinto ano consecutivo em Salvador. Segundo a SSP, em 2021, foram 328 casos a menos se comparado com o mesmo período do ano passado onde foram registrados 1.600 casos. A tendência de diminuição segue desde 2017. Isso porque:

  • Em 2017, foram registrados 2.633 assaltos
  • Em 2018,  foram registrados 2.046 assaltos
  • Em 2019, foram registrados 1.982 assaltos
  • Em 2020, foram registrados 1.600 assaltos

A mudança no cenário, se deve – segundo a SSP, as atuações das polícias Militar e Civil, na prática de ações repressivas e preventivas até nas investigações e elucidações dos crimes.

“Fazemos uma análise dos dias e horários que acontecem esses crimes. Com base nessas informações, junto com a Operação Septem – que é formada por efetivos das unidades especializadas e independentes com escalas extras – preparamos as ações para intensificarmos o policiamento, principalmente nos locais mais demandados”, explicou o comandante da Operação Gemeos, major Valdino de Azevedo Silva.

A fiscalização de camelôs e lojas de revenda de celulares também está na relação de ações desenvolvidas para coibir essa prática criminosa, como conta o titular do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos  (Gerrc), delegado João Roberto Cavadas.

“Esse é mais um método que utilizamos para combater receptadores de aparelhos telefônicos, que são os principais bens subtraídos em roubos a ônibus. E, por meio da Operação Madruga, que consiste em atuar nos pontos de maior incidência, empregamos nossas equipes nas primeiras horas do dia”, declarou Cavadas.

Alerta Celular
Em maio de 2021, a Secretaria da Segurança Pública lançou o sistema Alerta Celular com o objetivo de dificultar a revenda de aparelhos roubados e furtados e facilitar a devolução dos aparelhos aos proprietários. Até o início de dezembro do ano passado, 843 celulares roubados foram recuperados.

Cadastro – Os interessados devem acessar o site alertacelular.ssp.ba.gov.br e fazer o cadastro do IMEI – número que identifica o aparelho. O IMEI consta na nota fiscal, na embalagem original do bem e pode ser consultado discando *#06# do próprio aparelho. Com o cadastro realizado, caso o celular seja alvo de criminosos, o proprietário pode entrar no site e ativar o alerta.





Fonte: iBahia