Marco Pigossi revela que namorou homem escondido por oito anos antes de assumir ser gay



Meses atrás, o ator Marco Pigossi “quebrou a web” ao revelar seu relacionamento com o cineasta italiano Marco Calvani. Até então, o ator nunca havia falado abertamente sobre sua orientação sexual. Em entrevista ao jornalista João Batista Jr., o galã fez um relato corajoso e cheio de sensibilidade abordando toda a sua jornada de auto aceitação, até finalmente se declarar gay publicamente. Ele teve medo de que isso atrapalhasse a sua carreira. 

Foto: Reprodução | Instagram 

“Sentia um calafrio só de pensar que o público poderia desconfiar que a sexualidade do ator era a mesma do personagem. Essa possibilidade me aterrorizava”, disse Pigossi.

“Era como se eu tivesse usando uma máscara heterossexual. Precisei de ajuda. Recorri à terapia durante a gravação da novela. Eu sofria por não ser 100% verdadeiro, mas pelo fato de ter um corpo e modos que se encaixavam num certo ‘padrão da heterossexualidade’, que não denunciam minha orientação, acabou me dando o que eu chamo de ‘privilégio do armário'”, pontuou o artista.

O ator ainda abriu o jogo sobre ter namorado um homem escondido durante oito anos, na época os dois moravam juntos na mesma residência. Em 2012, o galã foi vítima de uma fake news. A notícia dizia que ele e Rodrigo Simas tinham um caso. 

“Tive uma crise de pânico, comecei a tremer e suar. Fui para o banheiro do aeroporto, me tranquei em uma cabine e comecei a vomitar. Liguei para meu parceiro, chorando. Eu dizia para mim mesmo que minha carreira tinha acabado. Não conseguia sair dali. Meu companheiro teve que pegar um voo de São Paulo ao Rio para me buscar”, desabafou Pigossi. 





Fonte: iBahia