quem deverá ter prioridade nos novos pagamentos


O Governo Federal parece ter batido o martelo sobre a quantidade de usuários do Auxílio Brasil. em nota enviada para a imprensa, o Ministério da Cidadania confirmou que algo em torno de 2,7 milhões de pessoas poderão fazer parte do projeto em questão já a partir deste mês de janeiro de 2022.

Mas quem serão essas pessoas? Essa é a dúvida de momento. É que caso essa informação se confirme, o que dá para saber é que não vai dar para atender todo mundo que precisa desse dinheiro neste momento, o que significa que muita gente vai acabar ficando de fora, mesmo precisando.

Como é que o Governo vai decidir quem pode e quem não pode entrar no programa? Essa é uma pergunta importante porque já que não tem vaga para todo mundo, é importante saber como é que eles irão decidir quem recebe e quem não vai receber nada neste Auxílio Brasil  neste mês de janeiro.

Na nota, o Ministério da Cidadania argumenta que vai selecionar os usuários através da renda per capita de cada um. Então vai seguir a lógica de que o Governo Federal irá acabar escolhendo para receber o novo benefício apenas as pessoas que estão em situação de ainda mais pobreza no momento atual.

Nesse sentido, quem tem renda per capita de 0, ou seja, não recebe nada de ninguém em nenhum momento e além disso se encontra no Cadúnico deverá ter mais chances de entrar no Auxílio Brasil. Quem não está nesta lista, não consegue entrar no projeto de nenhuma forma, segundo informações do próprio Governo.

Você Pode Gostar Também:

Exemplo

Vamos dar um exemplo. Imagine que duas pessoas estão disputando uma vaga no Auxílio Brasil. Ambas estão no Cadúnico, sendo que uma tem a renda per capita de R$ 0 e a outra de R$ 45. Entra no programa o que tem os menores ganhos.

Mas vamos mudar o exemplo. Imagine agora que duas pessoas estão disputando uma vaga no Auxílio Brasil. Uma não está no Cadúnico e tem renda per capita de R$ 0, já outra, está no Cadúnico e tem renda per capita de R$ 45. Nesse caso, o senhor que está no Cadúnico fica com a vaga, pois ele cumpre todos os requisitos do projeto

Conta da renda per capita

Curiosamente o fato é que muita gente ainda não sabe como fazer a conta da renda per capita. A boa notícia é que não é muito difícil fazer isso. Primeiro basta somar todos os ganhos da família no mês, logo depois, dividir o resultado pela quantidade de pessoas que moram na mesma casa. Quem mora sozinho, por exemplo, não precisa dividir. O resultado dessa divisão vai ser a sua renda per capita. É por aí que se sabe se você vai ter direito de receber vários benefícios.

Auxílio Brasil

O Governo Federal começou os pagamentos do Auxílio Brasil ainda no último mês de novembro. De lá até aqui, o projeto em questão estava chegando apenas nas pessoas que já faziam parte do antigo Bolsa Família.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o plano agora é inserir algo em torno de 2,7 milhões de pessoas no programa em questão. Isso deve acontecer já a partir do pagamento que vai acontecer agora em janeiro.

Está “bombando” na Internet:

Fonte: Notícias Concursos