Rodoviários demitidos da CSN cobram pagamento de indenização



Um grupo de rodoviários demitidos após a extinção do Consórcio Salvador Norte (CSN) cobra pagamento de indenização daqueles que não foram admitidos por outras empresas. 

Os trabalhadores realizaram um novo protesto na região da Estação da Lapa nesta terça-feira (18), que provocou grande congestionamento nas imediações e se estendeu até o Largo dos Barris. 

Os rodoviários explicam que, após o fim da operação da CSN no sistema de transporte, parte dos profissionais foi admitida pelos dois consórcios em operação na cidade (OTTrans e Plataforma). Porém, outros não são foram contratados e não receberam os pagamentos que tinham direito. 

Segundo a Secretaria de Mobilidade de Salvador(Semob), a pasta tem atuado para que a situação se resolva o mais breve possível. No entanto, segundo a prefeitura, o pagamento das verbas trabalhistas é de responsabilidade da CSN.  





Fonte: iBahia