Atrizes negras protagonizam série em combate à violência doméstica e feminicídio



Foto: Divulgação/Juarez Andaluz

A série audiovisual “Sobejo: Processo Indeferido” estreia no próximo dia 8 de março, Dia da Mulher, no YouTube. Com cinco episódios, cada um apresenta uma atriz diferente que interpretará a personagem Georgina Serrat, baseada em narrativas e fatos reais, de mulheres negras vítimas de diversas formas de violência doméstica.

A série parte das violências tipificadas na Lei Maria da Penha (11340/2006), para alertar que além da física, existem violações silenciosas e que causam prejuízos permanentes nas vítimas. Partindo do ambiente doméstico, “Sobejo: Processo Indeferido” é mais um desdobramento, que pelo segundo ano consecutivo, mobiliza ações de educação, conscientização e luta contra todos os tipos de violência.

“Buscamos, através da artivismo criar é um espaço de representatividade negra, pois cada atriz imprime sua identidade, para dar vida a personagem Georgina, e tem o intuito de informar e educar sobre os tipos de violência que a mulher sofre diariamente de uma ou várias formas como a doméstica patrimonial, sexual, psicológica, moral e física”, afirmaram Eddy Veríssimo e Juliana Monique.

Foto: Divulgação/Juarez Andaluz

Com um elenco majoritariamente negro, Eddy Veríssimo, Juliana Monique, Indaiá Oliveira, Tais Grecco, Denise Correia, Cláudio Nyack, Israel Barreto e Luiz Buranga compõem a equipe de “Sobejo”. As atrizes ainda participarão de um webinário sobre “O processo criativo e o papel da arte na denúncia das mazelas crônicas da sociedade”.

Além da série, as ações do projeto contam com uma live com especialista em combate a violência contra mulher e feminicídio, um webnário com as atrizes e a exibição do espetáculo acontecerão no Canal SOBEJO, no YouTube, vale ressaltar que os episódios ficarão disponíveis por 15 dias.

SOBEJO: PROCESSO INDEFERIDO 
Quando? 08/03/2022
Que horas? 19:00
Onde? Canal do YouTube Sobejo

Leia mais sobre Cinema no iBahia.com





Fonte: iBahia