Camarote ou Pipoca? Mate a saudade e faça em casa 10 petiscos tradicionais do Carnaval



Foto: Reprodução

Na Bahia, não tem jeito!! A alimentação é uma preocupação relevante no Carnaval. Quem é folião, seja pipoca ou camarote, sabe que quando a fome aperta o caminho é ir em busca de ruas específicas da folia. São nesses espaços que damos – digamos assim – aquele consolo para nosso estômago e a reposição de energia necessária para ir atrás do próximo bloco ou atração musical.

Agora, você deve estar se perguntando:
Por que falar isso agora, se não teremos carnaval?

E a resposta é: aqui no iBahia, teremos carnaval sim e não ficaremos na saudade!! O plano é trazer o carnaval para dentro de casa. E aí? Vamos nessa? Vamos relembrar e fazer os principais tira gostos ou aperitivos da folia para aproveitar a festa da melhor maneira?!

Confira a lista abaixo e bom carnaval.

Cachorro Quente
Ele é o anfitrião do Carnaval de Salvador! Não há beco, nem viela que não tenha uma barraquinha com essa iguaria. E olhe que isso não se resume só as ruas não. O ‘Dogão’ também é visto nos camarotes e espaços de luxo da festa. Os soteropolitanos amam e não é à toa que já fizemos alguns especiais sobre esse lanche. Neste link, você pode encontrar 5 receitas bem especiais que selecionamos no dia da iguaria. Mas, se vc vai trabalhar e não quer ter trabalho, tenha calma. O nosso quadro BoraAli também já fez uma seleção de dar água na boca. Quer saber os 10 melhores cachorros-quentes de Salvador?! Então, Bora!!!!!

Churrasquinho
O segundo lanche mais pedido é o churrasquinho de ‘gato’. Em Salvador, é muito difícil não encontrar alguém que aprecie essa iguaria, que normalmente vem acompanhada de farofa e salada. A variedade e a praticidade é o que atrai as pessoas. Tem de frango, calabresa, carne e às vezes, até de bode ou carneiro. Tudo depende mesmo do gosto do freguês. Quer aprender e garantir esse rango?! Confira aqui duas opções, uma com carne e outra com frango, que ensinamos no site! Será folia garantida!! Pode confiar!

Foto: Reprodução

Queijinho Coalho
O carnaval precisa ser diversificado, não é ?! E quem disse que os vegetarianos iriam ficar de fora?! Se bem que essa dica ultrapassa todos os limites de sabor e de restrição alimentar, até porque existe queijo vegetal, não minha gente?! Mas voltando ao assunto (e que assunto), apresentamos o queijinho coalho. Ele é uma tradição mais que oficial dos circuitos e das praias de Salvador! Para os navegantes que curtem a folia em barcos no Farol da Barra até os banhistas no Porto, ele é garantia de sucesso. E a receita é simples: Queijo e Calor! 

É só você cortar o queijo do tamanho e modelo que vc gostar e levar ele até uma churrasqueira, frigideira, air fryer…e pronto! Para os amantes de agridoce, o melaço de cana não pode faltar! 

Feijoada e pratos de “sustância”
A música é clara: “Atrás do trio elétrico, só não vai quem já morreu”. E para ter pique é necessário energia, muita energia mesmo!! Alguns preferem algo mais leve, já outros curtem mesmo é aquela feijoada completa, rabada, pirão e outras iguarias comuns e fáceis de encontrar no circuito Osmar, no Campo Grande. E aqui, de folião para folião, difícil é não comer mais de um prato! Quer reproduzir em casa?! Confere aqui o passo a passo da feijoada – indicada pela Mãe de Márcio Victor – e um plus, com a pegada do carnaval em casa, risoto de rabada! Partiu receita!! 

Marmita de pirão  
Ainda no hall de pratos regionais e que dão energia a cada garfada, apresentamos as marmitinhas de pirão com carne frita ou também chamado de ‘escondidinho’. Elas são práticas e são ideais para aquelas pessoas que estão com a ‘barriga colada nas costas’. Vale a pena experimentar, minha gente! E a dica é: faça a mais, porque todo mundo vai querer repetir! Confira aqui a receita completa! 

Fotos: Reprodução

Coxinha e outros salgados
Se você é da turma do camarote, esse é seu momento! Não tem espaço nos circuitos, que não venda um pastelzinho, kibes, salgados e ela: a Coxinha. Essa paixão é nacional e na rua, ela é unanimidade nos lanches. Aqui em Salvador, inclusive, passa até da folia. No dia a dia, os carrinhos de comida sempre apresentam essa opção no cardápio. Mas como fazer isso em casa? É fácil! Confere aqui essa receita prática, indicada pela professora de gastronomia da Unifacs, Ely Fujyama! 

Hambúrger e Pizza
Se você prefere apostar no tradicional fast food, também não ficará sem se alimentar. As opções são variadas e cabem em todos os bolsos. Mas, nesse carnaval da saudade, o que você acha em inovar?! O Bora Ali já fez uma lista especial de hamburguerias e pizzarias, sabia?! Clique nos links e confira o passo a passo. 

Fotos: Reprodução

Algodão doce e Pipoca
Achou mesmo que iríamos esquecer dos pequenos? Claro que não! Aqui a parada obrigatória é a pipoca e o algodão doce. A dupla é imbatível para o paladar infantil e pode ser feito em casa de forma rápida e prática. Confira só o passo a passo dos pratos – Pipoca Doce e Algodão Doce Caseiro

Milho Assado e Cozido
Você é fitness?! Então, aposto que você já comeu um milho assado ou cozido na folia. Para alguns soteropolitanos é o melhor dos dois mundos – o carnaval e o são joão. É bom demais. Então, aproveite!! Quer cozinhar o milho?! Então, compre suas espigas, descasque e coloque na água pra cozinhar com sal. Tudo leva em média 1h. Na panela de pressão, o tempo de cozimento é menor! Fique ligado! Já na versão assada, é só descascar e colocar no forno ou na churrasqueira. Quando ele começar a ficar molinho e dourado, pode retirar! Aposto que o cheirinho vai espalhar por toda casa!! 

Acarajé 
Fechando a lista, o acarajé ! A iguaria é um clássico no cardápio dos baianos e obviamente não falta em nenhum dia de Carnaval. A atenção aqui é com o consumo do dendê por aqueles mais sensíveis ao prato. Pra quem é baiano raiz, isso nem é posto em consideração. O desafio, mesmo é fazer o prato em casa…e aí?! Na dúvida, segue o passo a passo e bom Carnaval! 

Veja mais sobre o Carnaval de Salvador no ibahia.com





Fonte: iBahia