Polícia prende homem procurado por esquartejar vizinho por R$ 100 no Rio de Janeiro



Foto: Divulgação

Na última sexta-feira (25), um homem foi preso suspeito de ter matado o vizinho de forma brutal, esquartejado, em Petrópolis, Região Serrana do Rio. O crime aconteceu em abril de 2020. O homem, que estava foragido desde então, foi encontrado no Oeste de Minas Gerais, na cidade de Campina Verde.

De acordo com o g1, a polícia informou que o crime foi motivado por uma dívida de R$ 100 que a vítima tinha com o autor. O preso, identificado como Emanoel Sérgio Simões da Silva, é conhecido no local como o “Monstro da Serra”. 

As investigações indicam que Emanoel matou o vizinho com golpes de marreta na cabeça, cortou a garganta da vítima, queimou o corpo e esquartejou. Depois, para esconder o crime, o autor espalhou as partes em diversas lixeiras da cidade. 

A prisão foi realizada por policiais da DC-POLINTER (Divisão de Capturas e Polícia Interestadual), com o apoio dos policiais civis de Campina Verde.

Ainda segundo a polícia, a ex-companheira do autor prestou depoimento contra Emanoel após ser agredida. Ela disse que presenciou o crime. 

No depoimento, ela contou à polícia que tinha medo do ex-companheiro porque era agredida por ele e revelou que o autor do crime contou para ela que já tinha matado outras seis pessoas. 

Após cometer o crime, o homem fugiu de Petrópolis e estava foragido desde então. As investigações identificaram que ele estava no estado de Minas Gerais há cerca de dois meses. 

A prisão aconteceu no município de Campina Verde, que fica no Oeste de Minas Gerais, a mais de 1 mil quilômetros de distância do Rio de Janeiro. A viagem dos agentes durou cerca de 11 horas. 

Emanoel Sérgio Simões da Silva foi preso e encaminhado para a Secretaria de Administração Penitenciária, onde ficará à disposição da Justiça.

Leia mais notícias sobre Brasil em iBahia.com. 





Fonte: iBahia