Prefeitura realiza mais de 3 mil vistorias nos últimos cinco dias durante Carnaval



Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Nos último cinco dias, ente 23 e 27 de fevereiro, a Prefeitura de Salvador realizou mais de 3 mil vistorias, incluindo as operações “Força-Tarefa” e “Sílere”. 

As ações, que seguem até quarta-feira (2) são realizadas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) em parceria com a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Guarda Civil Municipal (GCM), Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) e apoio da Polícia Militar.

O objetivo é coibir aglomerações e verificar o cumprimento dos protocolos sanitários de enfrentamento à Covid-19 durante o período de Carnaval na capital baiana. 

Durante a operação “Força-Tarefa” foram feitas 2,4 mil averiguações. Desse total, os agentes interditaram um bar no Curuzu e emitiram 12 notificações de bares, restaurantes, casas de eventos, mercados e postos de combustíveis em diversos bairros da cidade.

Ao menos 63 equipamentos de som foram apreendidos em Itapuã, Liberdade, Fazenda Grande do Retiro, Cajazeiras XI, Pau Miúdo, Caixa D’Água, Cajazeiras, Nordeste de Amaralina, Jardim Nova Esperança, Trobogy, Graça, Barra, Campinas de Brotas, Castelo Branco e Plataforma.

Já a Guarda Civil Municipal (GCM) tem atuado na região da Barra/Ondina e no Centro durante o cumprimento de decretos do período do Carnaval, e trabalha a fim de dispersar grupos e aglomerações. Durante os últimos cinco dias, não foram registradas ocorrências graves.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Em um dos pontos mais frequentados, a região do Centro Histórico, as ações de fiscalização foram encabeçadas pelo Grupo de Apoio ao Turista (GAT) e feitas com duas viaturas, além de rondas a pé.

Os agentes circulam por pontos estratégicos do Centro Histórico, a exemplo do Elevador Lacerda, Terreiro de Jesus, Plano Inclinado Gonçalves e Largo do Pelourinho.

Leia mais sobre Salvador em iBahia.com. 





Fonte: iBahia