Com suspeita de tubarão no Porto da Barra, banhistas são retirados do mar por bombeiros



Foto: Nathália Amorim

Os banhistas que estavam, na tarde desta segunda-feira (28), na praia do Porto da Barra tomaram um susto ao serem retirados da água pelo Corpo de Bombeiros. A suspeita era de um tubarão na região. A turista do Rio de Janeiro, Carol Bravo, estava na praia no momento em que os bombeiros retiraram os banhistas. 

“Quem viu foi a polícia lá de cima, que falou com os bombeiros e eles foram correndo avisar. Todo mundo saiu gritando da água, o pessoal ficou assustado. Dava pra ver a barbatana passando”, contou ela em entrevista ao iBahia.

O barraqueiro Fábio Souza também acompanhou a situação e viu a barbatana no mar. “A gente viu também! Ele subiu umas 3 vezes”, detalhou o comerciante.

A situação foi registrada por voltas das 16 horas. Ao chegar na praia, a banhista Marina Melo foi comunicada para evitar banhos em determinada área da Barra. “Assim que nós chegamos aqui na praia, eles (comerciantes do porto) estavam informando que não poderia ir ali no meio da praia porque supostamente tinha aparecido 2 tubarões. Ai disse que o pessoal com jetski assustou pra eles (animais) irem mais pro fundo. E até então não apareceram mais. Assim espero, né?! kkkkk”, disse ela sorrindo diante da situação inusitada à repórter Nathália Amorim.

O que diz a polícia
A Polícia Militar (PM) informou – em nota – que equipes do Batalhão Especializado de Polícia Turística (Beptur) realizada rondas na região e visualizaram um “peixe grande, com características um tubarão na área de banho da praia e, por precaução, pediram aos banhistas que se afastassem da água”.

Já o bombeiro Lucas Machado, que estava na praia, informou em entrevista ao iBahia que o animal pode ter sido um golfinho. “Teve um determinado momento, que as pessoas foram, de fato, orientadas a sair do mar pela ocorrência de estar aparecendo barbatanas. Mas, não conseguimos identificar. A princípio foi divulgado como tubarão, mas algumas pessoas teriam notado que o animal subia para respirar, então muito provavelmente foi um golfinho”, contou ele.

Leia mais sobre Salvador no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias





Fonte: iBahia