Como fazer o seu dinheiro render


Aqui mesmo no Notícias Concursos já escrevemos artigos sobre economia doméstica. Se você colocou em prática as dicas de como economizar para sobrar aquele dinheiro do orçamento e conseguir fazer uma reserva, então um grande passo já foi dado. O segundo é aprender a como fazer o seu dinheiro render.

Veja também: Economia doméstica; seis dicas para você economizar

 

Após ter acertado as contas, pago as dívidas, ter feito uma reserva, fica a questão: o que fazer com esse dinheiro? Certamente o seu dinheiro guardado pode ter um fim melhor que o fundo de reserva ou uma poupança comum. Ele pode render! Você pode fazer mais dinheiro com o seu dinheiro. Quer saber como? Continue com a gente que logo abaixo a gente vai trazer algumas dicas.

 

Fazendo o Dinheiro Economizado Render

Se realmente você quer fazer aquele seu dinheiro que está nas suas economias render, então não tem jeito, o investimento é o melhor destino.

Quando se fala em economia doméstica não estamos falando apenas de guardar dinheiro. Economia envolve algo mais amplo, como, também fazer render aquele dinheiro que foi economizado. Quer saber como? Veja abaixo.

  1. Faça um orçamento mensal. Esse é o primeiro passo. Separe o quanto você irá guardar. Dica: não espere pagar todas as contas para guardar. O valor deve ser separado antes de qualquer coisa. Mas cuidado, não guarde a ponto de comprometer seu custo de vida básico.
  2. Invista o valor economizado. Esse é o ponto. É o segredo de quem realmente tem dinheiro. Investir no valor economizado é o modo de fazer o seu dinheiro trabalhar por você.
  3. Abra uma conta em uma corretora de confiança. É o meio mais fácil para quem está começando a investir.
  4. Veja onde investir. Existem várias modalidades de investimentos que podem ser muito rentáveis e seguros, como, por exemplo, o Tesouro Direto, as CCI/LCAs e os CDBs. Não podemos se esquecer das ações que são ativos de renda variável.
  5. Defina seus objetivos: antes de definir qual a melhor aplicação é importante definir os objetivos no investimento.
  6. Conhecer o seu perfil investidor.
  7. Conhecer os aportes disponíveis.
  8. Conhecer o prazo de investimento.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos