De volta ao trabalho, Reinaldo Gottino fala sobre internação: ‘Pensei no pior’



Foto: Reprodução/Instagram

O apresentador Reinaldo Gottino voltou ao comando do “Balanço Geral” nesta sexta-feira (25), após passar dois dias afastado da atração. O jornalista foi internado na última quarta-feira (23), depois de apresentar fortes dores no peito.

Durante sua volta ao programa, ele falou sobre como tudo aconteceu. “Foi um susto, mas deu tudo certo, tô aqui e nem era pra eu estar aqui… A direção da Record falou pra eu voltar segunda-feira. Eu falei ‘cara, quero trabalhar. Adoro trabalhar'”, iniciou.

“Minha pressão subiu, bateu 19. Eu tava fazendo o cabelo para entrar, já tava de gravata, fazendo cabelo, maquiagem… Fui socorrido pelo Romário, que trabalha no meu camarim e pelo Lelê, da nossa maquiagem. Chamaram os bombeiros que atuam aqui, me levaram pro ambulatório, a Doutora Mirian, toda a equipe. Eu fui tão bem atendido, tão bem tratado. Me colocaram na ambulância e me levaram para o hospital”, continuou.

O apresentador ainda disse que no momento do pânico, seus pensamentos se voltaram para a família: “A hora que a pressão sobe, o coração aperta e você sente dor, você pensa no teu filho, na tua filha, na tua esposa, na tua família. Você ‘O que eu vou fazer? Como é que eu vou deixar eles aqui?’. Eu pensei no pior”.

Por fim, Gottino falou sobre os exames feitos enquanto esteve em internação. “Ele falou ‘a gente tá trabalhando com a possibilidade do esôfago, é uma questão do aparelho digestivo e não é coração’. Aí fizeram um exame no coração e tiveram que refazer. O médico falou ‘cara, o seu exame no teu coração tá um negócio maluco’. Ele me trouxe o resultado e tinha zero obstrução, zero gordura. O médico falou ‘seu coração tá zero, seu coração é de uma criança de 10 anos'”, finalizou. 

Leia mais sobre Celebridades no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias





Fonte: iBahia