Menino foge de casa, entra escondido em avião e viaja sozinho de Manaus para Guarulhos



Foto: Divulgação / Latam

Um menino de 9 anos, de Manaus, viveu uma aventura neste final de semana. A criança, identificada como Emanuel Marques de Oliveira, fugiu de casa e foi parar em Guarulhos, em São Paulo. 

Após deixar a casa, ele foi até o aeroporto e embarcou sozinho em um voo da Latam, que saiu do Aeroporto de Manaus e teve como destino o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Ele não tinha nem passagem comprada, nem documentos, mas conseguiu viajar.

A mãe do menino, a eletricista Daniele Marques, contou ao g1 que percebeu que o filho não estava em casa no início da manhã de sábado (26) e registrou boletim de ocorrência na delegacia, além de divulgar divulgar a imagem do filho nas redes sociais.

“Acordei às 5h30, fui ao quarto dele, e vi que ele estava dormindo normalmente. Depois mexi um pouco no celular e levantei novamente, já às 7h30, quando percebi que ele não estava mais no quarto e comecei e me desesperar”, afirmou.

Ela recebeu uma ligação de um funcionário da Latam, pro volta das 22h daquele mesmo dia, informando que a criança estava no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Daniele contou ao portal como Emanuel conseguiu viajar sozinho, sem passagem e sem documento. “Ele me disse que pegou alguns ônibus aleatórios aqui de casa [no bairro Tarumã-Açu] até chegar no aeroporto. Depois olhou no painel o horário dos voos, e entrou em um deles. O meu filho passou por três vistorias sem que alguém notasse que ele estava sozinho, sem documentação nem bilhete de embarque”, disse a mãe.

“O que eu fico pensando é como uma criança consegue passar por um sistema de aeroporto que é tão burocrático para gente passar. Por isso eu quero uma resposta da companhia aérea e do aeroporto sobre como o meu filho conseguiu embarcar sozinho”, concluiu Daniele.

Apuração

A Latam e a empresa que administra o Aeroporto Internacional de Manaus informaram que o caso passará por uma apuração interna. A companhia aérea disse que acionou a Polícia Federal e o Conselho Tutelar após identificar que o menor estava sozinho no voo.

Emanuel foi encaminhado para um abrigo para aguardar os trâmites necessários até a recondução dele para Manaus.

Segundo a Polícia Civil informou ao g1, a criança não tem histórico de violência familiar. Ele informou a polícia que o motivo da viagem seria o desejo de morar em São Paulo, com outros familiares.





Fonte: iBahia