‘Palavras desrespeitosas e ofensivas’, diz personal após entrevista de sem-teto



Em nota, Eduardo criticou a reprodução das entrevistas do sem-teto. Nas declarações, Givaldo dá detalhes íntimos do momento em que se relacionou com a mulher.

“Em resposta ao clamor midiático dado às palavras desrespeitosas e ofensivas do Sr. Givaldo Alves de Souza, em entrevistas concedidas a canais de TV aberta e jornais de grande circulação nos meios impressos e online, a família e as advogadas de Sandra Mara Fernandes expressam total repúdio a todas essas manifestações que vilipendiam a reputação e honra dessa vítima frente à sociedade”, inicia o documento.

Eduardo ainda diz que a esposa permanece internada em um hospital psiquiátrico, onde recebe tratamento para restabelecer a saúde mental e física.

“Testificamos que a Sandra Mara Fernandes se mantém internada em estabelecimento hospitalar psiquiátrico da rede pública de saúde, no qual é mantido tratamento médico intenso com objetivo de restabelecimento da sua saúde física e mental”, conclui a nota.

Relembre o caso
Um personal trainer de 31 anos é investigado por espancar um sem-teto em Platina, no Distrito Federal. O caso aconteceu na última quarta-feira (9), após o homem flagrar a esposa fazendo sexo dentro de um carro com a vítima. 

O marido agrediu o homem ao pensar que a esposa, de 33 anos, estava sendo estuprada, de acordo com o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil. Ele também afirmou que a mulher enfrenta problemas psicológicos. 

No documento ainda consta que a esposa saiu com a sogra para tentar ajudar o sem-teto. No entanto, as duas se separaram durante o percurso. Ao perceber que a esposa não havia voltado, o marido saiu para procurá-la. 

O personal avistou o carro da esposa e, quando se aproximou, viu que a companheira fazia sexo com o sem-teto. O suspeito então começa a agredir o homem, já fora do veículo. Ele derruba o sem-teto no chão e dá socos e chutes. Durante as agressões, a mulher se deitou no chão e se ajoelhou. 

A polícia conduziu os três envolvidos ao Hospital Regional de Planaltina. Os dois homens estavam machucados e a mulher, em estado de choque.

Leia mais sobre Brasil em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias

 





Fonte: iBahia