Programa Justiça 4.0 tem novas vagas de emprego


Em busca de uma oportunidade para ingressar ou se recolocar no mercado de trabalho? Esta pode ser a sua chance, já que o Programa Justiça 4.0 tem novas vagas de emprego destinadas a profissionais de tecnologia interessados em trabalhar na iniciativa, que foi desenvolvida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

As oportunidades são para as inscrições vão até esta sexta-feira, dia 18.

 

Há chances para arquiteto de software sênior (3 vagas) e analista de negócios (5 vagas), que têm requisitos que variam entre si. Mas, basicamente, todas as posições exigem diploma de graduação, preferencialmente nas áreas de Tecnologia da Informação, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Análise de Sistemas, Engenharia da Computação e áreas correlatas, além de dois anos de experiências relevantes ou diploma de pós-graduação nas áreas citadas.

A boa notícia é que o trabalho será executado na modalidade remota e não há exigência de dedicação exclusiva. Isso significa que os contratados deverão cumprir uma jornada de trabalho de oito horas diárias de trabalho em horário comercial para atuar no projeto, com possibilidade de negociação, e podem aliar sua atuação com outros projetos.

De acordo com o programa, a contratação será na modalidade de National Personnel Services Agreement (NPSA), com salários competitivos com o mercado. Além disso, as pessoas que serão contratadas atuarão diretamente no desenvolvimento de soluções e sistemas para integrar todos os tribunais do país em uma plataforma única, a Plataforma Digital do Poder Judiciário.

Sobre o programa

Lançado em 2020, o Programa Justiça 4.0 envolve ações e projetos que estão proporcionando a transformação digital do Poder Judiciário. Considerado um ambiente multisserviços, a plataforma opera em nuvem e está disponível para tribunais de todo o país para unificar a tramitação de processos judiciais.

Além de integrar os sistemas processuais, ela fornece novas funcionalidades, como a busca integrada em bases de dados, modelos de inteligência artificial para maior agilidade da prestação jurisdicional e ferramentas para apoiar a gestão da magistratura.

Como se candidatar

Os interessados deverão acessar a página https://www.br.undp.org/content/brazil/pt/home/jobs.html para conferir a lista de vagas e preencher o formulário. O processo seletivo consiste em uma análise curricular e entrevistas realizadas por meio de um painel com especialistas.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos