Revisão do PIS/PASEP: 1,6 milhão entram na lista de pagamentos. Veja como consultar pelo app


Alguns trabalhadores apresentaram inconsistências em seus dados concedidos ao Governo Federal, os impedindo de receber o abono salarial PIS/Pasep. Diante disso, a Dataprev fez uma revisão que reabilitou cerca de 1,67 milhão de pessoas para o recebimento do benefício. As consultas pelo aplicativo já estão disponíveis.

Essa medida só foi possível graças a um reprocessamento de dados realizados pela Dataprev, após inconsistências ocorridas em fevereiro nos cadastros do governo federal.

“Devido a inconsistências de informações da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), foi necessário realizar um reprocessamento mais apurado das informações, trabalho em curso pela Dataprev. O objetivo é garantir o correto direito dos trabalhadores e evitar a necessidade de pedidos de revisões adicionais”, anunciou a Dataprev.

Consulta do PIS/Pasep pelo app

A nova lista de contemplados pode ser acessada no aplicativo da Carteira de Trabalho Digital (CTPS Digital) e pelo Portal Gov.Br.

Veja o passo a passo da consulta pelo aplicativo:

  1. Instale o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital no seu celular, disponível para sistema Android ou iOS;
  2. Digite o número do seu CPF e senha do gov.br. Caso não tenha a conta no gov.br, será necessário se registrar;
  3. Na página inicial, clique em “Benefícios”;
  4. Em seguida, selecione “Abono Salarial”;
  5. Pronto! Confira se você terá direito ou não ao benefício em 2022.

Cronograma de pagamentos do PIS/Pasep

Os trabalhadores que foram incluídos através do reprocessamento de dados terão acesso ao abono nas seguintes datas:

  • 29 de março: Para aqueles que receberiam o benefício no mês de fevereiro, conforme o calendário original;
  • 31 de março: Para os trabalhadores que receberiam o abono no mês de março, conforme o calendário original.

Quem tem direito ao PIS/Pasep 2022?

Para receber o benefício o trabalhador deve se enquadrar nos seguintes requisitos:

  • Estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos;
  • Ter trabalhado com carteira assinada durante pelo menos 30 dias no ano-base (2020);
  • Ter recebido em média até dois salários mínimos por mês no ano-base (2020);
  • Ter seus dados informados pelo seu empregador (Pessoa Jurídica) de forma correta na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.

Valor do PIS/Pasep

O abono salarial é pago segundo a quantidade de meses trabalhados no ano base, limitado ao salário mínimo vigente (R$ 1.212 em 2022). Veja:

Meses trabalhados Valor
1 R$ 101,00
2 R$ 202,00
3 R$ 303,00
4 R$ 404,00
5 R$ 505,00
6 R$ 606,00
7 R$ 707,00
8 R$ 808,00
9 R$ 909,00
10 R$ 1.010,00
11 R$ 1.111,00
12 R$ 1.212,00

 

O que é o abono salarial PIS PASEP?

Servidores públicos, federais, estaduais e municipais são inscritos no PASEP. Bem como, empregados de empresas públicas e sociedades mistas.

O abono do PIS PASEP é um benefício concedido para os trabalhadores cadastrados há 5 anos ou mais. Para que o trabalhador possa usufruir desse benefício a empresa deve ter declarado corretamente esse trabalhador na RAIS, a Relação Anual de Informações Sociais.

É importante que o trabalhador tenha recebido, em média, até dois salários mínimos no ano de referência do pagamento e trabalhado, no mínimo, 30 dias. Ou seja, se a média de valor ultrapassar dois salários mínimos do ano de referência, ou caso o trabalhador não tenha trabalhado ao menos 30 dias, ele não terá direito a esse abono.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos