Autoavaliação da vida profissional e pessoal: Como fazer?


Fazer uma autoavaliação da vida profissional e pessoal é fundamental para garantir um constante crescimento e desenvolvimento. Sem esse tipo de autoanálise, podemos acabar nos “estagnando” na vida, sem crescer mais.

Por isso, fizemos este conteúdo com o intuito de lhe ajudar a se autoavaliar dessa forma, viabilizando mudanças promissoras em sua vida. Saiba mais acompanhando até o fim!

Como fazer a autoavaliação da vida profissional e pessoal

Para fazer a autoavaliação da vida profissional e pessoal é preciso de tempo e paciência. Isso porque não estamos tratando de um processo rápido, simples e prático. Em outras palavras, estamos diante de um processo que necessita de atenção, dedicação, paciência e análise profunda. Logo, é algo que não pode acontecer de uma hora para outra, certo?

Portando, quando você for iniciar a sua autoanálise, foque em separar um momento tranquilo e que seja suficiente para isso. Dessa forma você com certeza terá um caminho mais promissor no desenvolvimento da sua autoavaliação. Acompanhe, agora, as dicas que trouxemos para lhe ajudar nessa tarefa:

1. Visualize o seu cenário atual

Comece dando aquela visão geral do seu cenário atual. Como está a sua rotina? Como estão as suas tarefas? E os seus resultados, têm sido positivos ou negativos? Você se sente feliz ou insatisfeito? Pense bastante sobre o assunto.

Você precisa ser sincero consigo mesmo. Apenas dessa forma é que se torna possível fazer uma autoavaliação da vida profissional e pessoal. Portanto, não minta para si, analise com calma e veja tudo o que está acontecendo em sua volta neste momento.

2. Anote fatores positivos e negativos do cenário atual

Depois que você começar a refletir sobre o seu cenário atual, comece a anotar os pontos positivos e negativos da sua vida. O que está bom e pode ser mantido? E o que está ruim e deve ser descartado?

Esta etapa também exige bastante tempo e concentração. Portanto, não corra contra o tempo e vá perpassando diversas áreas do seu cotidiano no trabalho e de sua vida pessoal durante a sua análise. Assim você analisa a situação de uma forma cada vez mais profunda.

3. Pense nos pontos que necessitam de melhorias

Analise quais pontos precisam de melhorias no seu dia a dia profissional e pessoal. São eles que irão receber uma atenção mais profunda neste momento. Isso porque é dessa forma que você consegue começar a traçar um plano interessante para o futuro.

4. Analise o que você tem feito para crescer e mudar o que precisa

Você tem feito algo para melhorar os pontos que listou acima? Ou ainda não começou nada nesse sentido? Pense sobre isso.

Caso não esteja fazendo nada para mudar os pontos de melhoria, é neste momento que você começará  a traçar metas e planos para o seu futuro. Faça isso com calma, sem pressa e sempre respeitando os seus limites, claro.

5. Aprenda a ser autorresponsável

Por fim, lembre-se de que a sua autoavaliação da vida profissional e pessoal precisa se basear na autorresponsabilidade. Não terceirize seus resultados e obrigações. Aceite a sua forma de ser e concluir as tarefas e comece a pensar em mudanças, não em desculpas.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos