Caixa libera novo empréstimo de R$ 1 mil até R$ 3 mil. Veja quem tem direito


O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou uma nova linha de microcrédito para a população de todo o país. De acordo com informações do banco, a oportunidade visa atender pessoas físicas e microempreendedores individuais (MEIs). O objetivo é atingir o maior número de pessoas que estejam precisando de um crédito financeiro imediato.

Segundo informações do presidente, aproximadamente 40 milhões de pessoas poderão ter acesso ao crédito. O banco conta com até R$ 10 bilhões para movimentar a linha de crédito em um período de seis meses.

Juros

Para pessoa física, o empréstimo estará fixado no valor de R$ 1 mil, com taxa de juros mensal a partir de 1,95% ao mês e 24 meses para pagar. Para conseguir o valor, não será necessário muita burocracia, uma vez que a contratação poderá ser feita diretamente pelo aplicativo Caixa Tem, bastando concordar com os termos do empréstimo e aguardar até sete dias para análise.

O Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital) terá uma grande oportunidade para que microempreendedores individuais contratem o empréstimo de até R$ 3 mil, que poderá ser dividido em 24 parcelas mensais.

Os juros são considerados baixíssimos em relação ao mercado, já que as taxas chegam a patamares a partir de 1,99% mensal para MEIs. A ideia é conceder o valor de até R$ 3 mil para empreendedores com pouco acesso a este tipo de crédito, incluindo quem está negativado junto aos órgãos de proteção ao crédito.

Para garantir os valores, a pessoa física deverá acessar o aplicativo Caixa Tem e concordar com as regras do empréstimo. Após isso, será necessário aguardar um período de sete dias úteis para o banco analisar o pedido. O valor, conforme informado, poderá chegar a até R$1 mil.

O microempreendedor individual (MEI) deverá se dirigir até uma agência da Caixa Econômica Federal para contratar o microcrédito, com juros de 1,99%. O parcelamento será de até 24 vezes, ou seja, dois anos. O valor a ser contratado é de até R$ 3 mil. Será exigido do MEI ter pelo menos 12 meses de faturamento de qualquer valor com o respectivo CNPJ.

Segundo o presidente da CAIXA, o microcrédito a ser liberado tem o objetivo de ajudar pessoas que estão negativadas, ou seja, com nome sujo, a ter acesso a um empréstimo. Outra medida é ajudar os trabalhadores informais a possibilidade de se formalizar.

Como utilizar o Caixa Tem?

Depois de baixar o aplicativo, o usuário deverá realizar a atualização cadastral no Caixa Tem. Para isso, o aplicativo solicita que o usuário digitalize o documento de identidade, envie uma foto “selfie” e informe a renda mensal.

No caso do MEI, o crédito deverá ser pedido nas agências. Para contratar, o cidadão deverá ter uma conta na Caixa, ter mais de 12 meses de faturamento como MEI e apresentar comprovante de residência e documentos pessoais e da empresa.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos