Criar um cronograma de estudos vale a pena?


Saber como aproveitar melhor o tempo é um dos principais desafios enfrentados pelos estudantes que estão se preparando para um exame. A maioria das pessoas hoje tem uma rotina corrida e atarefada, e nem sempre é possível combinar essas demandas com os estudos.

Nesses casos, fazer cronograma pode ser uma estratégia interessante. Uma planilha de estudos ajuda a tornar o aprendizado mais objetivo e aumenta as chances de ter um bom rendimento.

Algumas dicas

O primeiro passo para isso é ter organização e disciplina. Você pode elaborar uma pequena planilha com os dias e os horários que tem disponível para se dedicar aos estudos até o dia da prova. Em seguida, defina uma carga horária, ou seja, quantas horas por dia vai direcionar a cada disciplina. Ao fazer isso leve em consideração o seu ritmo de aprendizado.

Você deve começar aos poucos, focando nas matérias que sejam mais simples de absorver. Não tente ler tudo de uma vez, o melhor é intercalar os assuntos. Outra dica é estabelecer prioridades. Isso envolve determinar a quais conteúdos você dedica mais atenção ou mais tempo.

Lembre-se que a leitura é importante, mas a prática de atividades e exercícios é fundamental. Você deve ser o protagonista do seu aprendizado, e não um estudante passivo. Portanto, elabore resumos, mapas mentais, procure outras fontes de conhecimento, como por exemplo filmes e vídeo aulas. Além disso, quando for estudar, escolha um ambiente tranquilo e longe de possíveis distrações.

O comprometimento é que faz toda a diferença. Não adianta criar um cronograma detalhado e não cumpri-lo por falta de disciplina. Seja responsável consigo mesmo e crie o hábito de estudar um pouco todo dia, mesmo que por alguns minutos.

Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia também Citação direta e indireta: como citar de acordo com as regras da ABNT.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos