Nove trechos do litoral alagoano estão impróprios para banho

O novo boletim de balneabilidade divulgado nesta sexta-feira, 29, pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA) aponta que a maioria das praias está própria para banho.  As amostras da água foram coletadas em 66 áreas – que vai de Pontal do Peba a Maragogi – entre os dias 26 e 27 deste mês. O resultado da…

Alagoas 24 Horas

O novo boletim de balneabilidade divulgado nesta sexta-feira, 29, pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA) aponta que a maioria das praias está própria para banho. 

As amostras da água foram coletadas em 66 áreas – que vai de Pontal do Peba a Maragogi – entre os dias 26 e 27 deste mês. O resultado da análise mostra que 57 pontos estão balneáveis e nove devem ser evitados pelos banhistas. 

O litoral sul é a região em que as praias e rios estão mais limpos. Dos 23 trechos avaliados, apenas um, localizado a 300 metros da foz do Rio Niquim, na Barra de São Miguel, está impróprio para banho. Em Maceió, cinco dos 20 pontos monitorados estão inadequados para banho. Já no litoral norte, três áreas da Praia de Maragogi estão em desconformidade com as normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). 

Um trecho para ser classificado como impróprio deve apresentar na última semana um valor superior a 2.000 Escherichia coli por 100 mL. O ponto próprio não deve exceder um limite de 800 NMP (Número Mais Provável) de Escherichia coli por 100 mL da amostra de água, nas amostras colhidas nas últimas cinco semanas.

O IMA recomenda que os banhistas evitem, em qualquer época, a utilização de áreas que estejam diretamente sob influência de rios, canais e córregos.

Confira AQUI o boletim de balneabilidade

 

Fonte: Alagoas24horas