Sobe para 194 o número de desabrigados pela chuva em Salvador


O número de pessoas desabrigadas por causa da chuva que atinge Salvador desde o fim de semana subiu para 194, de acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre) no final da noite desta segunda-feira (18).

Segundo o balanço, esse grupo corresponde a 78 famílias. Todas elas foram acolhidas pela prefeitura em escolas da rede municipal nas regiões onde ficam as casas onde elas moravam. Ao todo, quatro unidades de ensino estão ocupadas até então.

O local com o maior número de desabrigados é a Escola Municipal Eufrosina, que fica na comunidade Voluntários da Pátria, no bairro do Lobato. Na unidade de ensino, conforme informações da Sempre, estão 96 pessoas.

Já na Escola Municipal Santa Terezinha, na comunidade do Mamede, que fica no Alto da Terezinha, estão 42 pessoas.

Na Escola Municipal Coração de Jesus, na Baixa do Cacau, bairro de São Caetano, estão 30 pessoas. Já no Centro Municipal De Educacao Infantil Mosa Berbert, que fica na comunidade Vila Picasso, na Capelinha de São Caetano, estão outros 26 desabrigados.

Não há previsão ainda de quando essas pessoas devem deixar os locais.

Conforme informações passadas pelo secretário da Sempre, Kiki Bispo, e dvilgadas pela prefeitura, além dessas quatro escolas, outras seis estão totalmente preparadas para qualquer novo episódio que possa vir a ocorrer.

As escolas possuem dormitórios e são fornecidas cinco alimentações diárias, acompanhadas por nutricionistas.

“Diante do risco iminente de fortes chuvas, após a cidade apresentar um acumulado de 150 mm nas últimas 72h, temos que estar prontos para dar toda a assistência necessária”, pontuou.

Os técnicos da Defesa Civil de Salvador (Codesal) fazem a vistoria dos lares e os profissionais da Sempre efetuam o cadastramento e verificação da situação de cada um, de acordo com laudos da Defesa Civil, para a concessão de Auxílio Aluguel no valor de R$ 300 ou Auxílio Emergencial, que varia de um a três a salários mínimos.

Sirenes

Pelo menos sete sirenes do Sistema de Alerta e Alarme da Codesal foram acionadas nesta segunda-feira, por causa do mau tempo. Duas delas pela manhã, outras três à tarde e mais duas no início da noite.

Elas ficam nas comunidades de Voluntários da Pátria (Lobato), Vila Picasso (Capelinha de São Caetano), Bom Juá, Mamede (Alto da Terezinha) e Baixa do Cacau (São Caetano), Moscou (Castelo Branco) e no Calabetão.

Queda de muro

Ainda na manhã desta segunda, a queda de um muro provocou o deslizamento de terra de uma encosta e ao menos 20 casas foram evacuadas, na Travessa Nossa Senhora das Graças, em Pero Vaz.

Segundo a prefeitura, há risco de desabamento, já que o solo está encharcado e ainda há movimentação de terra no local.

Com o deslizamento, outros dois imóveis ficaram com o acesso impedido, por causa do volume de lama arrastado.

Leia mais sobre Bahia em iBahia.com e siga o portal no Google notícias





Fonte: iBahia