Veja como fica o teto do INSS após a nova previsão do salário mínimo


O Governo Federal enviou recentemente ao Congresso Federal um projeto de lei que prevê o novo reajuste do salário mínimo em R$ 1.294 a partir de 2023, representando um aumento de R$ 82 em relação aos atuais R$ 1.212. A previsão do novo salário mínimo é baseada de acordo com o índice de inflação atual e acaba alterando também o teto do INSS.

No momento, o teto para os beneficiários do INSS é de R$ 7.087. Com uma elevação de 6,7%, que é o percentual atual para a inflação, o máximo que um beneficiário do Instituto poderia receber a partir do próximo ano passaria a ser de R$ 7.562. Vale ressaltar que essa quantia é apenas uma projeção, podendo passar por alterações no futuro.

Valores do benefício e teto do INSS em 2023

Com a previsão realizada para o salário mínimo em 2023, também é possível realizar uma análise prévia de como ficarão os valores dos pagamentos aos beneficiários do INSS. Caso o salário mínimo do ano que vem passe mesmo ao valor de R$ 1.294, o pagamento mínimo para os segurados também vai ser nessa faixa.

Analisando através da previsão com o teto do INSS em R$ 7.562, para quem, por exemplo, recebe R$ 6 mil hoje, passaria a receber a partir de um possível reajuste a quantia de R$ 6.402.

Índice de inflação é apenas uma projeção do Governo Federal

Os índices de inflação também podem mudar por conta de eles serem apenas previsões. Como o reajuste final dos benefícios do INSS vai sair apenas em janeiro de 2023, que é justamente quando o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulga o resultado do acumulado da inflação nos últimos 12 meses e que já passa dos 10%.

O Brasil vem passando por um cenário de inflação inédito, como no mês de março que registrou o maior aumento do período desde 1994, ano em que foi dado o início do plano real e que começou a marcar uma melhora nesse problema que é quase histórico no país. Somente no último mês, o IPCA chegou a apontar 1,62%.

Neste ano, o Governo Federal definiu uma meta de inflação de 3%, podendo chegar a 5%, mas é muito pouco provável que de fato a meta seja alcançada, assim como já não foi possível em 2021. Caso o Governo não possa cumprir novamente a meta da inflação, é bem provável que o Banco Central realize novos reajustes na taxa Selic.

Para os aposentados e pensionistas do INSS, o motivo de alegria neste momento é o décimo terceiro salário que foi antecipado e será pago já durante o atual mês e durante o mês de maio. E, ao mesmo tempo, é sempre importante acompanhar o cenário da inflação, não somente para as compras do dia a dia, mas também projetando o valor do benefício em 2023 que será reajustado de acordo com o resultado inflacionário.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos