Acusado de execução ligada ao tráfico é condenado a 12 anos de prisão

Crime aconteceu em 2018, no bairro da Chã da Jaqueira, em Maceió

O Conselho de Sentença do 1º Tribunal do Júri de Maceió condenou a 12 anos de reclusão Pablo Rafael da Silva. Ele é acusado da morte de Leydson Darlisson dos Santos Marinho, ocorrida em 2018, motivada após discussão relacionada ao tráfico de drogas na região. O réu não poderá apelar em liberdade.

O julgamento, realizado nesta segunda-feira (16), no Fórum do Barro Duro, foi conduzido pelo juiz Ewerton Carminati. Os jurados reconheceram a materialidade e a autoria do crime e decidiram pela não absolvição do réu. O Conselho de Sentença reconheceu ainda a presença das qualificadoras apontadas na denúncia (motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima).

O crime ocorreu no bairro Chã da Jaqueira, na Capital, próximo a uma sorveteria da região. Leydson foi atingido por cinco disparos de arma de fogo, sendo atingido na região da cabeça e do ombro.  Pablo da Silva confessou o crime quando foi preso seis meses depois.

Matéria referente ao processo nº 0702433-38.2019.8.02.0001

Fonte: Alagoas24horas