Saque do FGTS: Caixa libera pagamento de R$1 mil


O saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) está sendo liberado aos trabalhadores elegíveis gradualmente. A última liberação contemplou cerca de 3,5 milhões de trabalhadores nascidos em julho neste fim de semana.

Os titulares podem sacar uma quantia de até R$ 1 mil das suas contas vinculadas ao fundo. No entanto, caso não queiram, é possível informar a negativa a Caixa Econômica Federal até o dia 10 de novembro.

Poupança Social Digital da CAIXA oferece até R$5 mil; veja como fazer

Saque triplo do PIS/Pasep é liberado pela Caixa em maio; veja como receber

Auxílio Brasil: Caixa volta a pagar R$400 para novo grupo nesta segunda (23/05)

De acordo com o Governo Federal, a intenção é ajudar os trabalhadores a pagarem suas dívidas diante os impactos da crise econômica. A medida deve injetar R$ 30 bilhões no mercado brasileiro.

Embora os valores estejam sendo liberados aos poucos, todos os trabalhadores poderão resgatá-los até o dia 15 de dezembro. Caso as quantias não sejam movimentadas até a referida data, serão devolvidas às contas do FGTS.

Cabe salientar que a parcela do fundo está sendo creditada na conta poupança digital aberta em nome do trabalhador no Caixa Tem. Por meio dela, o titular consegue realizar uma série de operações, como pagar contas e fazer transferências.

Calendário de liberação do FGTS

Com a última liberação do FGTS, já podem sacar os valores os trabalhadores nascidos entre os meses de janeiro e julho. Confira as datas:

  • Janeiro: 20 de abril;
  • Fevereiro: 30 de abril;
  • Março: 04 de maio;
  • Abril: 11 de maio;
  • Maio: 14 de maio;
  • Junho: 18 de maio;
  • Julho: 21 de maio;
  • Agosto: 25 de maio;
  • Setembro: 28 de maio;
  • Outubro: 1º de junho;
  • Novembro: 08 de junho;
  • Dezembro: 15 de junho.

Como fazer a transferência do saque extraordinário?

A opção mais prática de realizar uma transação pelo Caixa Tem é através do Pix. Veja como fazer a seguir:

  1. Acesso o aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS;
  2. Clique na opção “Pix | Consultas e chaves”;
  3. Feito isso, na conversa aberta, escolha a opção “Pagar”;
  4. Depois, escolha caso queira usar uma chave Pix, QR Code ou qualquer outra opção;
  5. Selecione um tipo de chave Pix e clique em “Continuar”;
  6. Agora, informe a chave Pix;
  7. Por fim, insira o valor a ser transferido, digite sua senha do Caixa Tem e toque em “Confirmar” para concluir a transferência.

Todavia, caso o trabalhador não queira usar o Pix, existem outras formas de sacar o dinheiro. Lembrando que o limite para transferência é de apenas R$ 600. Confira o passo a passo:

  1. Entre no Caixa Tem;
  2. Clique em “Transferir dinheiro”;
  3. Informe se a transferência será feita digitando agência e conta ou se irá para um dos seus favoritos já cadastrados para transferência;
  4. Informe a agência, banco, conta, dígito e o valor da operação;
  5. Na sequência, digite o tipo de conta, o número do CPF, o nome de quem vai receber e confirme a operação;
  6. Caso queira, é possível salvar o comprovante no celular ou enviar por meio de WhatsApp.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos