25.8 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -


Todo texto escrito nesse blog é de responsabilidade do seu autor, não significando necessariamente o pensamento deste site.

Vereador Douglas Simões é investigado por quebra de decoro em Feliz Deserto

A pedido do Vereador Reginal Barreto dos Santos (PP) e aprovado pelo Plenário no dia 11 de Março de 2022, a Câmara Municipal de Feliz Deserto criou Comissão Processante, composta através de sorteio, tendo José Adilson Lessa Sabino (PP) como Presidente, César Euclides Santos (PP) como Relator e Willames Lessa Silva Cardo (MDB) como Membro, para que a mesma investigue denúncia de quebra de decoro parlamentar por parte do Vereador Douglas Castro Simões Lessa( DEM).

De posse do Parecer Técnico que daria legalidade ao processo e após notificação do Vereador Douglas, o Presidente deu início ao processo, o Relator Vereador César Euclides de posse das provas indicadas pelo Vereador Reginaldo Barreto deu início ao processo, apresentando todas as peças, com a presença do Vereador Douglas Simões, o qual de posse das provas lhe foi dado o prazo de dez dias para que o mesmo apresentasse defesa prévia, indicasse provas que pretendesse produzir e arrolasse testemunhas.

Dentro do prazo o Vereador Douglas Simões apresentou sua Defesa e arrolou testemunhas.
Após analisar a defesa o Relator Vereador César Euclides deu seu parecer para a continuação do processo, o qual foi aprovado dentro da comissão por unanimidade e prosseguiu para apreciação do plenário. O parecer foi aprovado por 2/3 dos vereadores em plenário e deu seguimento ao processo, passando assim para o processo de ouvir as seis testemunhas arroladas pelo Vereador Douglas Simões, as quais se trata de vereadores que utilizaram de seus direitos previstos na Lei Orgânica do Município e se recusaram a testemunhar a favor do vereador denunciado.

O processo está no aguardo do parecer final pela procedência ou improcedência das acusações, onde será apreciado pelo plenário na sessão de julgamento ainda sem data definida.